Busca rápidaX

Polícia indicia motorista pela morte de mulher após atropelamento em São Luiz Gonzaga

11 de dezembro de 2019
Acidente ocorreu em frente ao clube dos Subtenentes e Sargentos, no centro de São Luiz Gonzaga. Polícia Civil / Divulgação

O motorista Jonas de Araújo Fehy, 25 anos, foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio doloso (quando há intenção de matar). No dia 16 de novembro, o homem atropelou duas mulheres em frente a um clube em São Luiz Gonzaga. Rosimeri Pereira da Silva, 58 anos, natural de Caxias do Sul, não resistiu aos ferimentos e morreu. A outra vítima teve ferimentos leves.

De acordo com a Polícia Civil, ocorreu uma briga generalizada na entrada do clube e várias pessoas ficaram aglomeradas. O motorista, que estava com o carro estacionado próximo ao local, acelerou o veículo e atingiu as duas mulheres.

O Ministério Público recebeu o inquérito e solicitou a reconstituição do fato, com a participação do Instituto-Geral de Perícias (IGP). Ainda não há data para a realização do procedimento. “Pelos relatos, ele usou o veículo como instrumento. Queria sair de lá, não se importando com quem estava na frente”, disse a delegada Elaine Maria Shons, responsável pela investigação.

Jonas de Araújo Fehy se apresentou à polícia dois dias depois da ocorrência e foi preso preventivamente. Ele está recolhido no Presídio Estadual de São Luiz Gonzaga. No depoimento aos policiais, o homem relatou que pegou o veículo, uma caminhonete Saveiro, no estacionamento. Em seguida, deu marcha ré em razão do tumulto e só teria deixado o local quando houve espaço para transitar. O jovem alegou que não viu as duas mulheres atropeladas. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí, Polícia Civil

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!