Busca rápidaX

Polícia Militar fecha loja da Havan por descumprir decreto de quarentena

4 de abril de 2020

A Polícia Militar fechou neste sábado (4) a loja Havan de Porto Belo, no Litoral Norte de Santa Catarina, por descumprir do decreto estadual que determinou quarentena em Santa Catarina. As lojas de departamento foram autorizadas a abrir exclusivamente para a venda de ovos de Páscoa. Segundo a PM, a loja, no entanto, permitiu a compra de outros produtos.

Tenente Alex Matias, comandante da PM em Porto Belo, disse que a Havan tinha autorização para comercializar “gêneros alimentícios”, mas os clientes não podiam ter acesso aos demais departamentos. “Contudo estavam vendendo outros artigos também, com acesso irrestrito dos clientes a toda loja”, informou, em nota.

As lojas de departamento reabriram neste sábado após anúncio de entidades como a Federação das Associações Empresariais, a Facisc, sobre a autorização para a abertura do comércio de chocolates. A liberação foi definida em uma reunião do Comitê de Crise, mas o Governo do Estado não emitiu nenhum comunicado oficial sobre a permissão.

No fim da tarde deste sábado, a Facisc informou entender que a autorização se limitaria a “lojas de rua que vendem apenas chocolates”, e que por isso são enquadradas no ramo de alimentação. A entidade afirma, ainda, que “em nenhum momento lojas de departamento estão autorizadas pelo Governo Estadual”. Em nota, diz que não é favorável à reabertura de lojas antes da definição de regras, e que “as lojas de departamento se valeram do entendimento do decreto, que deixa claro que são estabelecimentos do segmento alimentício, para abrirem as portas, o que é ilegal e arbitrário”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Dagmara Spautz/NSCTotal. https://www.nsctotal.com.br/colunistas/dagmara-spautz/policia-militar-fecha-loja-da-havan-por-descumprir-decreto-de-quarentena

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!