Busca rápidaX

MANCHETES

Polícia prende chineses vendendo máscaras, roupas de proteção e testes para coronavírus de carga roubada em SP

11 de abril de 2020

A Polícia Civil prendeu neste sábado (11) dez chineses que comercializavam testes para coronavírus, máscaras e roupas de proteção procedentes de uma carga roubada. O material foi o entregue pela empresa aérea Qatar Airways em um voo vindo Doha para Guarulhos. no último dia 31 de março, e roubado pela quadrilha ainda dentro do aeroporto. Segundo a polícia, esses materiais foram roubados de uma carga importada da China no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Os homens foram presos em uma residência no Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo.

Em um armazém foram localizados 15 mil testes rápidos, que apresentam os resultados em poucos minutos, 1,5 milhão de máscaras. A carga é avaliada R$ 4 milhões.

Correção: De forma equivocada informamos que a carga havia sido transportada pela Empresa Emirates, sendo de propriedade da Mineradora Vale. Quando na verdade ela foi transportada pela Qatar Airways, com proprietário ainda não identificado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.
error: Conteúdo protegido!