Busca rápidaX

Preço do leite ao produtor na região de Ijuí é impactado negativamente pela importação do produto

5 de outubro de 2016
A importação do leite é um dos principais aspectos que tem causado redução no preço pago ao produtor pelo produto nacional. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Augusto Pestana, Remi Beck, participou semana passada de reunião na Fetag, em Porto Alegre, quando estiveram presentes as direções da CCGL e da empresa Lactalis. Beck comentou que o governo federal autorizou importação de leite em demasia, cujo produto entra no Brasil com preço de cerca de 1 real e 20 centavos por litro.
 

Diante disso, há concorrência desleal com o alimento nacional e força a baixa de preço. Remi Beck observa que para ter boa produção de leite o agricultor tem custo alto, portanto, com a atual média de 1 real e 50 centavos por litro, que recebe, tem muito pouco lucro. E o pior é que há perigo de nova baixa. Em setembro o preço teve redução de aproximadamente 30 centavos por litro. Outra avaliação do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Augusto Pestana é que recentemente teve aumento de produção de leite, inclusive na região, visto a perspectiva de preço bom, porém agora existe queda do valor.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!