Busca rápidaX

Prefeito de Campo Novo tem mandato cassado pelo Legislativo

7 de dezembro de 2019
Patrícia Goulart

 Uma denúncia de prática de ilícito político-administrativo feita pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Herminio Fin, levou à perda do mandato de prefeito exercido por Antônio Sartori (PSB) nesta sexta-feira, 6, em Campo Novo.

 O processo aberto para apurar a denúncia foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal de Vereadores em 7 de outubro. A sessão para a votação do impeachment, com o plenário lotado, iniciou pela manhã e só foi concluída à noite. Dos noves vereadores, um não compareceu e dos oito votos, seis foram pela cassação do mandato do prefeito.

 O vice-prefeito municipal Iliandro César Welter (PT) deve assumir o cargo. Antônio Sartori entra para a história do município como o primeiro prefeito cassado pela Câmara Municipal de Vereadores.

 Entenda o caso

 Conforme a representação, Sartori teria agido de modo a inviabilizar o exercício das funções do vice-prefeito municipal Iliandro César Welter (PT), além de rescindir comodato de bens móveis do município com o sindicato e de ter se referido em declarações públicas a membros do poder legislativo como “vermes”.

 A vereadora Marcieli Reis (PMDB) foi a presidente da Comissão de Investigação, que teve como relator o vereador Jocemar Scherer (PTB) e membro, o vereador Renato José de Lima (PSD). Na Câmara de Campo Novo, a maioria dos vereadores é da oposição.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Priscila Goulart
error: Conteúdo protegido!