Busca rápidaX

MANCHETES

Prefeito de Santo Augusto defende o uso de Ivermectina como prevenção a COVID-19

7 de julho de 2020

O prefeito de Santo Augusto, e médico do Hospital Bom Pastor da cidade, Naldo Wieger, defendeu, durante entrevista à Rádio Progresso nesta terça-fera, o uso do medicamento Ivermectina na prevenção a casos graves da Covid-19.

Wieger disse que, num primeiro momento, acatou as recomendações do Estado, montando para atender a comunidade uma equipe sentinela e destinando um espaço específico para possíveis casos de Coronavírus em Santo Augusto.

Neste meio tempo, conforme Wieger, a administração foi buscando entender outras ferramentas que poderiam trazer um alívio maior à população. A busca por estudos específicos e consulta a profissionais que estão na linha de frente no combate à Pandemia, trouxe o caminho da Ivermectina como um medicamento profilático, ou seja, preventivo, que reduz os efeitos da doença. “O que não temos é um estudo aprofundado, mas a Medicina é baseada em evidências. Temos grupos espalhados por todo o Brasil fazendo uso do medicamento”, disse o prefeito.

Naldo Wieger ressaltou ainda que essas medidas são colocadas em prática para evitar o agravamento da Covid-19, e praticamente não causa efeitos colaterais aos pacientes. Wieger explicou que a administração municipal ofereceu o medicamento aos profissionais de saúde da cidade, numa primeira fase. Depois disso, o remédio deve chegar até o grupo de risco, como idosos por exemplo.

Naldo Wieger recomenda claramente o uso da Ivermectina. “Estamos dizendo para as pessoas que possam adquirir o medicamento, que o façam. Busquem nas farmácias, até que a administração pública possa oferecer gratuitamente para todos”. Mesmo assim, o prefeito e médico de Santo Augusto reafirmou, durante a sua fala, que não há estudos científicos que confirmem a eficácia da Ivermectina, mas que os indícios são bons e sem efeitos controversos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!