Busca rápidaX

MANCHETES

Prefeito e Ceriluz apresentam proposta para construção de nova usina a vereadores

30 de junho de 2017
Na manhã desta sexta-feira, o prefeito Valdir Heck, acompanhado dos presidentes do Demei Geração e Distribuição, Vinícios Hoch e Rubem Härter, advogado Gerson Ferreira e o responsável pelo Setor de Projetos Rodrigo Eidt, e o presidente da Ceriluz, Eloir de Pauli, participaram da reunião das Comissões Permanentes da Câmara de Vereadores de Ijuí. Na ocasião eles discorreram sobre o projeto de construção de uma nova Usina pela Ceriluz e fim da geração de energia pela Usina Velha, cujas tratativas estão em andamento, e apontaram as principais alterações e benefícios que a proposta irá proporcionar.

De acordo com o prefeito, a participação da reunião teve o objetivo de colocar o parlamento municipal a par das articulações que estão sendo feitas, na medida em que logo um projeto de lei sobre o tema chegará à Câmara para análise e votação por parte dos vereadores. Segundo Valdir Heck é importante deixar claro para os vereadores, bem como para a comunidade em geral, que mesmo desativando a Usina Velha, as tratativas com a Ceriluz estão sendo feitas na perspectiva da compensação financeira do município, no momento em que a nova usina entrar em funcionamento, e durante o período pelo qual o município detém a concessão. “A negociação coma Ceriluz prevê, também, outros benefícios para o município, como a oferta de pedra oriunda da detonação feita para construção do túnel da nova usina, a ser destinada ao aterramento da pista do aeroporto, no projeto que prevê a sua ampliação, bem como um incremento na ordem de R$ 8 milhões/ano ao valor adicionado que é a base de cálculo do retorno do ICMS”, disse.

O prefeito lembra, ainda, que o patrimônio da Usina Velha permanecerá para o município como um projeto histórico e de atração turística, o que é de grande representatividade, já que o Poder Executivo tem como uma de suas propostas de governo, incentivar o desenvolvimento do turismo em vários setores, aproveitando os diferentes potenciais que Ijuí tem e que podem perfeitamente ser transformados em produtos turísticos.

O projeto da Usina Centenária que está em fase de elaboração pela Ceriluz, segundo Eloir de Pauli, está na fase de tratativas com vistas à liberação ambiental. “Nós conseguimos a licença do Projeto (LP) e estamos encaminhando o pedido para a Liberação de Instalação (LI) e uma condicionante da Fepam é que se tenha uma autorização do Poder Público em função da usina que lá está funcionando. Então, no momento em que a nova usina entrar em operação, a Fepam tira a licença da usina atual”, explicou. A previsão segundo o presidente da Ceriluz é gerar vinte vezes mais energia do que a Usina Velha gera hoje e que a Ceriluz já detém a área de terra onde será construída a casa de máquinas, em torno de dez hectares, próximo à sede da Associação dos Apicultores de Ijuí.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!