Busca rápidaX

Champs Elysees

Prefeito eleito de Catuípe responde processo por irregularidades durante campanha de 2016

24 de janeiro de 2017
– Prefeito Eleito de Catuípe, no último pleito, Joelson Antônio Baroni, seu Vice Gladimir Militz Wey, e a coligação União Pelo Povo responderá processo na Justiça Eleitoral por Abuso de Poder Econômico e Compra de Votos. A ação é movida pela coligação adversária, Juntos por Catuípe, que teve, Paulo Roberto Dalla Corte, como candidato derrotado por diferença de 53 votos.
-Após a notificação, os Réus no processo terão 10 dias para apresentar defesa. Segundo o Juiz Eleitoral da 23ª Zona Eleitoral, Eduardo Giovelli, os trâmites processuais seguem os regimentos estabelecidos como em qualquer ação jurídica. "Agora os acusados serão notificados e terão o prazo para a apresentação da defesa. Após, segue o processo com as audiências para a apresentação de provas". salientou Giovelli.  Segundo o magistrdo, no caso de comprovações e posterior condenação, a pena máxima é a cassação do diploma concedido pela Justiça Eleitoral e por consequente. o afastamento do prefeito do cargo.  Não há prazo definido para a sentença final. O processo foi protocolado, junto à Justiça Eleitoral, no dia da Diplomação dos eleitos ocorrida em 15 de Dezembro de 2016.
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comentários estão desativados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!