Busca rápidaX

MANCHETES

Prefeitura de Ijuí adota medidas extremas em função da epidemia do Coronavírus

19 de março de 2020

A Prefeitura Municipal de Ijuí finalizou agora há pouco coletiva de imprensa, com anúncio de medidas extremas ao município. Além do prefeito Valdir Heck, participam do evento o secretário de Saúde, Josias Pinheiro e a promotora de justiça Deolinda Hanusch.

Dentre a série de normativas divulgadas, as principais são relativas a academias, casas noturnas, pubs, igrejas e todos os estabelecimentos de ensino, desde escolas de educação infantil, ensino fundamental, médio, técnico e superior: todos devem fechar as portas pelo prazo inicial de sete dias. Além disso, está suspensa a circulação de transporte coletivo urbano, como no caso  da empresa ijuiense Medianeira Transportes. O transporte coletivo será suspenso a partir das 18h de hoje (19). Os transportes individuais como táxi ou transporte por aplicativo deverão obedecer um protocolo de higienização constante. 

Quanto ao comércio, a orientação é para que fechem suas portas por, pelo menos, uma semana. Não é uma obrigação, porém, os órgãos de saúde e o prefeito pedem encarecidamente para que as empresas adotem a postura de fechar as portas pelo período de maior disseminação do vírus. Quem optar pelo não fechamento, deverá cumprir uma série de medidas de prevenção, como limpar o interior de todo estabelecimento a cada três horas, manter filtros de ar condicionados limpos e ao menos uma janela aberta, precisará haver um revezamento de funcionários e o número de pessoas dentro do estabelecimento não poderá exceder 50% da capacidade que está prevista em alvará.

As mesmas medidas de higienização, de forma ainda mais rigorosa deverá ser obedecida por restaurantes, lancherias e padarias. Após cada uso deverá ser limpa a superfície onde há toque, além das higienizações a cada 3 horas de pisos, paredes e forros dentro do estabelecimento e nos banheiros. Também precisará estar disponível na entrada destes locais álcool gel para os clientes.

Em velórios somente é permitida a presença de até 15 pessoas. Além disso se o mesmo for realizado em sedes de bairros e igrejas é necessário pedir autorização do poder público municipal.

Todos os tipos de eventos públicos e privados estão suspensos, a medida é válida para celebrações em locais internos e externos. Museus, cinemas, teatros e bibliotecas também deverão ser fechados a partir de hoje. Não haverá expedição de alvará para eventos temporários. 

A determinação também orienta que funcionários públicos trabalhem em casa. Em casos em que não é possível realizar o homeoffice, deverá haver revezamento de funcionários para diminuir circulação de pessoas nos órgãos públicos. Os servidores com idade igual ou maior que 60 anos, gestantes e servidores com algum tipo de doença crônica que não puderem trabalhar em casa, estarão dispensados do trabalho por tempo determinado. Servidores que não cumprirem as determinações estão passéivel de penalização.

A promotora de justiça Deolinda Hanusch ressaltou que apesar de muitas pessoas estarem sendo dispensadas do trabalho, crianças em casa, não é período de férias. É preciso se resguardar, ficar em casa, para evitar um problema de saúde pública ainda maior. Além disso, Deolinda chamou a atenção para a prática de preços abusivos. Os estabelecimentos comerciais não podem praticar o aumento excessivo de produtos, pois essa atitude configura crime. 

As autoridades afirmaram ainda que pessoas com suspeitas do coronavírus, que estão em quarentena devem ficar em isolamento, sob pena de, se descumprirem a determinação, sofrerem sanções penais. Até o momento, segundo o secretário Josias Pinheiro, há 11 casos suspeitos de coronavírus em Ijuí, nenhum confirmado. Alguns resultados devem vir hoje do Lacen. 

Confira o decreto na íntegra:

Decreto 6978

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!