Busca rápidaX

Prefeitura de Ijuí decretará, segunda-feira, situação de emergência em função da estiagem

3 de abril de 2020
Soja apresentou as maiores perdas em Ijuí pela falta de chuva

O Executivo de Ijuí vai decretar segunda-feira, 06, a situação de emergência no município, em razão das perdas causadas pela estiagem. A decisão foi tomada hoje, em reunião na prefeitura, com presença da Emater, sindicatos rurais e Defesa Civil.

No geral, os prejuízos na área rural devido à falta de chuva chegam a 159 milhões de reais. A quebra na soja atinge cerca de 45%. Isso significa perda estimada de 96 milhões de reais na Colmeia do Trabalho.

A colheita da soja está em cerca de 85%. Alguns produtores colhem em torno de 10 sacas por hectare. Outros, onde choveu mais, o rendimento chega a 60 sacas. Com isso, a média está em 33 sacas por hectare.

Em relação ao milho, se contabilizar milho de primeira e segunda safra, as perdas em Ijuí ficam em cerca de 12 milhões de reais. Conforme a Emater, a quebra estimada no milho de segunda safra está ao redor de 80%. A qualidade da silagem vai ser muito ruim, pois as espigas são pequenas e com poucos grãos. Além disso, a colheita vai ficar praticamente inviável, pela baixa produção.

Em função da falta de chuva, também aumentou as perdas na produção leiteira de Ijuí, que chegam a 30%, ou seja, em torno de 34 milhões, 650 mil reais.  E se não chover, a quebra no leite aumenta dia a dia, visto problemas nas pastagens.

Também há prejuízos na bovinocultura de corte, piscicultura, citros, hortigranjeiros, feijão, dentre outras áreas. Somente a Emater já recebeu cerca de 250 pedidos de Proagro em Ijuí, a grande maioria devido a perdas na soja.

Para piorar, em relação ao milho safrinha não é possível pedir Proagro, pois é cultivado fora do período de zoneamento agrícola estipulado pelo governo federal. A decretação da situação de estiagem facilita que os agricultores tenham acesso à renegociação de financiamentos.

Em razão da falta de chuva, a secretaria de Desenvolvimento Rural de Ijuí já abriu mais de 50 bebedouros no interior para possibilitar água aos animais. O secretário e vice-prefeito, Valdir Zardin, disse que ainda há vários bebedouros para serem abertos, conforme pedido dos produtores. Nesta semana, somente no distrito de Santo Antônio, foram abertos 11 bebedouros.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!