Busca rápidaX

Prefeitura de Ijuí encaminhará projeto habitacional à Caixa Federal

20 de junho de 2017
O secretário de Habitação disse que este projeto é o pontapé inicial para mais unidades habitacionais em Ijuí. “Estamos trabalhando com toda força para podermos minimizar o déficit habitacional do município, sempre com a responsabilidade de investir e buscar recursos que priorizem a população de baixa renda que realmente necessitam de moradia”, afirma Ramsés. 

Para o secretário, o apoio do chefe do Executivo tem sido fundamental para o desenvolvimento do trabalho à frente da Secretaria. “O prefeito é nosso grande parceiro nos projetos tanto para a construção de novas habitações, quantos para a regularização fundiária. Sempre ponderando os benefícios que isso traz pra nossa comunidade e contribuindo com  a aprovação de nossos requerimentos”, observa o secretário. 

O projeto "Rio das Águas", segundo Ramsés, vai contemplar especificamente famílias que foram retiradas de áreas de risco, ou que tinham suas moradias em risco, sempre a partir de critérios técnicos estabelecidos em Lei. “E se houver sobra, vamos chamar pessoas da comunidade para manifestarem o interesse em participar do processo de seleção”, adianta. O secretário lembra que os imóveis serão financiados pelo FAR com prestações subsidiadas e é necessário residir por 10 anos no local para receber a escritura definitiva, não sendo possível trocar, vender, alugar ou ceder o imóvel. “Trabalhamos na Secretaria em conjunto com os projetos de Regularização Fundiária que fazem parte do nosso plano de governo, também projetos de melhorias nas condições de habitabilidade e os projetos de construção de novas unidades habitacionais”, ponta o secretário.

De acordo com o secretário, essas 54 unidades habitacionais irão injetar recursos na ordem de R$ 4.320.000,00 que deverão se traduzir em emprego de mão de obra, movimentação nos fornecedores de materiais e irão gerais impostos diretos e indiretos e movimentaram a economia municipal.  “Nesta primeira etapa, encaminharemos junto a Caixa Econômica o projeto, que o cadastrará no Ministério das Cidades, após aprovado selecionamos a construtora. Vamos movimentar as forças políticas em Brasília para contribuir na aprovação deste importante projeto”, afirma.

Em relação ao nome "Rio das Águas", o secretário diz que foi feita uma enquete junto aos  servidores da SMH e a decisão foi pelo nome que presta uma homenagem a Ijuí. “Essa terra que já recebeu tantos povos, justa é a retribuição à cidade que ainda acolhe tantas pessoas que a engrandecem”, justifica.  

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!