Busca rápidaX

Prefeitura de Ijuí publicará novo decreto sobre Covid-19 com adequações ao Distanciamento Controlado do Estado

11 de maio de 2020

O Executivo de Ijuí avalia as diferentes regras que estão no Distanciamento Controlado divulgado sábado pelo governo gaúcho, para verificar se há necessidade de alguma mudança no decreto que já vigora no município na prevenção contra o novo coronavírus.

O prefeito, Valdir Heck, disse que pelo que já pôde perceber nas regras sobre as diferentes bandeiras por regiões, Ijuí está dentro da maioria dos critérios especificados pelo Estado, conforme o atual decreto municipal.

Ele antecipa que o município vai seguir com o trabalho de blindagem, medida em que servidores da saúde realizam abordagem de pessoas na rodoviária local e nos principais acessos da cidade, especialmente para verificar a temperatura corporal.

Valdir Heck destaca a preocupação com as pessoas que vem de outros municípios e podem trazer o vírus. Além disso, o prefeito ijuiense observa que muitos estabelecimentos comerciais da Colmeia do Trabalho nem sempre cumprem à risca as regras de prevenção à Covid-19, como distanciamento correto entre as pessoas.

Já o secretário de Administração de Ijuí, Telmo Alves, frisa que nesta manhã o Executivo está reunido para organizar o novo decreto municipal, com adequações às normas do Estado. Diante disso, nessa segunda-feira a prefeitura ijuiense vai publicar decreto atualizado.

Citou, por exemplo, que uma das alterações poderá ser na questão das igrejas, cujo número de pessoas nas celebrações deverá ficar em 25% da capacidade do templo. Além disso, segundo as regras do Distanciamento Controlado do Estado, a tendência é mudar em Ijuí as normas para atividades esportivas, por exemplo, academias e tênis, com máximo de 25% de pessoas. Já os bares deverão ser fechados, devido às regras do governo gaúcho.

No último sábado, o governo estadual divulgou o Distanciamento Controlado, que passa a vigorar a partir de hoje, em razão da Covid-19. Baseado na segmentação regional e setorial, existem quatro níveis de restrições, representados por bandeiras nas cores amarela, laranja, vermelha e preta.

Essas bandeiras irão variar conforme a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada uma das 20 regiões pré-determinadas. A bandeira amarela indica risco médio/baixo para a doença; a bandeira laranja, risco médio; bandeira vermelha, risco alto; e a bandeira preta, risco altíssimo para a Covid-19.

A maior parte do território gaúcho está com a bandeira laranja, ou seja, risco médio para a Covid-19.Esse é o caso, por exemplo, da região 12, liderada pelo município de Cruz Alta, além da região 11, nas Missões; também as regiões 15 e 20, abrangência de Palmeira das Missões, Iraí e parte da região Celeiro.

Após a bandeira laranja, a segunda maior parte do Rio Grande do Sul está com a bandeira amarela, ou seja, risco médio/baixo para o novo coronavírus. É o caso das regiões 13 e 14, na divisão do governo gaúcho, lideradas pelos municípios de Ijuí e Santa Rosa, respectivamente. Essa área também engloba parte da região Celeiro. Um dos pontos comuns, é que o uso de máscaras por parte das pessoas é obrigatório em todo o Estado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!