Busca rápidaX

Prejuízos na agricultura com granizo na Serra chegam a R$ 3,7 milhões

15 de abril de 2019
Foto: Carlos Scariot / Divulgação

O granizo que atingiu a Serra Gaúcha no último sábado (13) causou estragos na agricultura em pelo menos quatro municípios da região e causou um prejuízo estimado em R$ 3,745 milhões. Conforme levantamento da Emater/Serra, os danos ocorreram em Caxias do Sul, Farroupilha, Bento Gonçalves e Garibaldi. O granizo atingiu lavouras de caqui, kiwi, e maçã fuji, além de danificar coberturas plásticas.

A maior área atingida corresponde a plantações de caqui, com 90 hectares danificados. Foram perdidos 805 mil quilos, num prejuízo calculado em R$ 1.207.500,00.

Os danos ao caqui só não foram maiores porque uma parte já havia sido colhida. De 14 milhões de quilos previstos para esta safra, foram colhidos cerca de 4 milhões. Em relação ao kiwi, foram atingidos cinco hectares, com perda de 65 mil quilos. Outra lavoura com perdas foi a da maçã-fuji, que está com a safra na reta final. Foram atingidos 15 hectares da fruta, com perda de 225 mil quilos.  Os frutos atingidos são perdidos porque as variedades são destinadas ao consumo in natura, e perdem o aproveitamento comercial.

Mas o maior prejuízo, segundo a Emater/Serra, foi com relação às coberturas plásticas: R$ 1,925 milhão em 35 hectares atingidos. Além de ser um material caro, a situação também é problemática porque não há seguro.  

A análise da Emater reforça que duas características do granizo deste sábado fogem ao padrão. Uma delas é justamente a época, já que o fenômeno é mais comum, da maneira considerável como foi, no período da primavera, e excepcionalmente ocorre em outras estações. A outra característica incomum é o volume de pedras, que causariam um estrago maior se não houvesse coincidência com altos volumes de água. 

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: gauchaZH

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!