Busca rápidaX

Presidente da Cotrijuí diz que cooperativa está aberta para receber contribuições

7 de dezembro de 2017
Eugênio Frizzo (foto) garante que associados recebem pela comercialização dos grãos, porém precisam aguardar alguns dias

A direção da Cotrijuí trabalha no plano de recuperação financeira da cooperativa, visto a crise enfrentada que lavou à decretação da liquidação extrajudicial, com a continuidade dos negócios. Hoje pela manhã, o presidente, Eugênio Frizzo, esteve na Rádio Progresso e durante entrevista disse que o foco é nas atividades que dão sustentabilidade para a Cotrijuí, por isso redução de algumas atividades.

Até mesmo diminuição de patrimônio é analisado, mas tudo precisa passar por decisão de assembleia, em que associados definem qual o caminho. Eugênio Frizzo esclareceu que o principal credor da cooperativa é o governo federal, visto que mais de 50% das dívidas são com a União, débitos que existem há mais de 30 anos.

Ele destacou que o frigorífico existente em São Luiz Gonzaga é um dos grandes propulsores de renda para a Cotrijuí, uma vez que produz de 200 a 250 milhões de reais por ano. A unidade vende produtos para 20 países, com 30% de exportação. O presidente da cooperativa, com sede em Ijuí, garantiu que a Cotrijuí tem os grãos depositados em armazém geral pelos associados. Porém, o pagamento para os produtores, no caso de comercialização, no momento demora, em média, uma semana, visto negociação com empresas.

Frizzo também observou que existe tentativa de renegociar dívidas com a Receita Federal e confirmou que a Cotrijuí não tem crédito, por isso, precisa comprar tudo à vista. Na mesma entrevista nesta manhã na RPI, Eugênio Frizzo aproveitou para ressaltar que não conhece o grupo de produtores, associados e até ex-funcionários que se movimenta, de forma independente, para evitar, o que está sendo denominado, de possível fechamento da Cotrijuí. No entanto, disse que está aberto a receber essas pessoas que desejam contribuir com a melhoria da cooperativa.

 

 
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!