Busca rápidaX

MANCHETES

Presidente do São Luiz fala sobre gauchão, categorias de base, situação financeira e futuro

28 de abril de 2021

Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira(28), o presidente do São Luiz, Lauro Hass, juntamente com o primeiro vice-presidente, Antônio Tambara e o presidente do Conselho Deliberativo, Vilson Hepp, explanaram sobre a participação do clube no Gauchão 2021, a condição financeira do clube, categorias de base e outros projetos do Rubro.

GAUCHÃO
Fizemos um campeonato altamente positivo e ficou aquele gostinho que poderia ter ido mais longe. Temos essa consciência, os atletas tem essa consciência, mas por tudo que se desenhou, abertura do campeonato tomando 3 a 0 e nosso grupo mostrar uma reação contra o Juventude e Inter fora de casa, mostra que nosso departamento de futebol conseguiu montar um elenco maduro para uma competição difícil e equilibrada.

SITUAÇÃO FINANCEIRA
Quando assumimos o clube em setembro de 2020, tínhamos R$200 mil em caixa. Este valor serviu para pagar a folha de setembro, depois sucessivamente começamos a antecipar valores da meia cota da FGF, somado ao valor do patrocínio do Banrisul, mais as mensalidades, mais alguns patrocinadores, conseguimos trazer o clube com pagamento em dia até janeiro. Em fevereiro tivemos que nos socorrer de empréstimos dos associados, de diretores, de ex-dirigentes, de conselheiros que nos ajudaram e também parte das mensalidades antecipadas que foi uma alternativa que encontramos no sentido de reforçar o caixa naquele momento e nos ajudou a cumprir os compromissos daquele mês. Em março, começamos a ter entrada de recursos da ação entre amigos que está em andamento e uma parte do empréstimo que a FGF nos concedeu, pagamos a folha de março. Agora, estamos ainda em busca do complemento que precisamos para pagar a folha de abril, premiação dos atletas e rescisão de contratos e boa parte já entrou no caixa e acredito que até o começo da semana que vem conseguimos reunir os valores e cumprir com os compromissos e encerrar este ciclo para não termos nenhuma dívida no futuro. O valor que falta é de R$650 mil, justamente a meia cota, este é o nosso déficit, se tivermos sucesso e conseguir vender todas as cartelas da ação entre amigos, vamos resolver este problema, então ela é fundamental que a gente consiga terminar este período tranquilo, pois vamos pagar as contas e vamos planejar 2022. Este valor que a FGF emprestou, a princípio temos que pagar até o dia 30 de junho.

CATEGORIAS DE BASE
Visualizamos isso. Mas como queremos fazer. O que foi feito até agora? O que se faz é um peneirão para disputar um sub-15, sub-17 ou sub-19. Isso não é categoria de base. A categoria de base hoje dentro do que é exigido pela CBF, tem que ter toda uma estrutura. O que a gente sonha, é que o clube se torne no futuro um formador de atleta. Para conseguirmos fazer isso temos que ter uma estrutura mínima para isso. Primeiro, estamos tentando junto ao poder público o complexo do Sesi, este é o primeiro passo. Se este complexo vier para o São Luiz fazer a administração do local, teremos uma estrutura. Ainda no local vai nos faltar alojamento. A partir daí começar a elaborar a base, começando por uma escolinha, passando pelos 12, 13, 14, 15 anos, pois tem tantas escolinhas aqui em Ijuí e formaremos um primeiro grupo. Isso é um trabalho para daqui 4, 5 anos e olhe lá, é necessário profissionalizar o clube, montar a estrutura para formarmos o atleta, então essa é a nossa idéia e precisamos constituir parcerias muito fortes com empresários da cidade, universidade que vai também nos ajudar neste sentido, somente assim podemos buscar recursos a nível federal na parte da lei de incentivo ao esporte, essa é a idéia, se vai dar certo, não sei, o projeto precisa ser pensado em várias frentes.

PLANEJAMENTO 2022
A comissão técnica fez um grande trabalho no campeonato gaucho deste ano. Para mim foi um destaque muito grande. O grupo de jogadores desempenharam um grande campeonato. Eu sou defensor da sequência do trabalho e um trabalho como este tem que ter sequência, então vamos fazer todo o esforço possível para que essa comissão técnica esteja conosco em 2022.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!