Busca rápidaX

MANCHETES

Presídio de Cruz Alta realiza reformas com mão de obra prisional

13 de agosto de 2020
Apenados realizaram pintura nas paredes e no teto dos alojamentos. Foto: Seapen/Susepe/Divulgação

Com criatividade e parcerias, o Presídio Estadual de Cruz Alta (PECA) realizou melhorias na estrutura da casa prisional e redistribuição de apenados. Todas as modificações foram realizadas com mão de obra de apenados.

A reforma abrangeu modificações no telhado, no piso e nas janelas, adaptação dos banheiros, pintura, manutenção elétrica e hidráulica, instalação de câmeras, substituição de portas e manutenção dos portões dos corredores. De acordo com o Delegado da 3ª DPR, Ederson Dornelles, a iniciativa resultará em melhores condições sanitárias para os apenados, além de trazer mais segurança e melhores condições de trabalho para os servidores.

Com a reforma, o alojamento do trabalho externo foi transformado em alojamento feminino, e as celas femininas passarão a alojar presos dos regimes aberto e semiaberto. “Nosso objetivo era oportunizar às apenadas e aos apenados um ambiente salubre para o convívio, com um espaço amplo, luminoso e limpo”, destacou o diretor da casa prisional, Frederico de Mello Alves.

Também foram realizadas adaptações para melhorar a segurança interna do Presídio, como a instalação de câmeras para monitoramento dos apenados nos corredores, substituição de portas nas celas e manutenção dos portões de segurança dos corredores. “O acréscimo das câmeras auxilia a monitorar as movimentações diárias dos apenados e a utilização de portões de segurança ajuda a manter os apenados do regime semiaberto sem contato com os demais apenados, facilitando as movimentações e resultando em aumento significativo da segurança”, explicou Alves

O secretário da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, destacou a importância dessa ação. “Esse tipo de iniciativa demonstra que eventuais limitações orçamentárias não devem servir, obrigatoriamente, como limitadoras para aqueles que sabem usar a criatividade para superar as adversidades e obter avanços”, afirmou.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Susepe/Seapen
error: Conteúdo protegido!