Busca rápidaX

Primeiro conjunto de turbina chega à obra da PCH Sede II Centenária da Ceriluz

23 de abril de 2020

A Ceriluz deu mais um importante passo na tarde de ontem, 22, visando a conclusão da obra da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Sede II Centenária, em construção no município de Ijuí. Na ocasião, recebeu da empresa Hacker Industrial o primeiro conjunto de turbina, composto por Caixa Espiral (caracol), distribuidor, válvula borboleta e conexões.

O trabalho mobilizou equipes das empresas envolvidas, especialmente engenheiros e técnicos. Todas as peças individuais foram abaixadas para o interior da Casa de Máquinas, utilizando para isso a ponte rolante previamente instalada com esse objetivo, ou seja, de movimentar máquinas e equipamentos, agora, na instalação, e quando houver necessidade de manutenções futuras. O trabalho de montagem também já iniciou nessa quinta-feira.

A usina utilizará duas turbinas modelo Francis, apropriadas para empreendimentos com pouco volume de água e quedas mais elevadas, caso da PCH Sede II que terá 40 metros de declive entre o ponto da barragem e a Casa de Máquinas. Além desse modelo, existem no mercado ainda as turbinas Pelton, para altíssimas quedas, acima de 100 metros, e a Kaplan, para quedas até 25 metros, modelos utilizados nas PCHs José Barasuol e RS-155, também fornecidos pela empresa Hacker Industrial.

A chegada dos equipamentos foi acompanhada por um grupo de conselheiros da Cooperativa. Além dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) necessários para visitações em obras civis, a Ceriluz disponibilizou álcool gel e máscaras de proteção aos presentes, visando a prevenção ao coronavírus.

“Aos poucos estamos retomando nossas atividades, sempre com os cuidados de segurança, e julgamos importante a presença dos conselheiros nesse momento tão simbólico, uma vez que a chegada da turbina demonstra que estamos chegando na reta final desse empreendimento”, afirmou o presidente Iloir de Pauli, que coordenou a atividade. Pensamento semelhante tem o conselheiro Luís Vieira. “Quando você vê uma turbina chegando numa obra, a gente fica realizado porque percebe que ela está quase pronta. No momento que começar a gerar já vem o resultado tão esperado e necessário para levar benefícios e energia de qualidade aos associados”, comentou Vieira.

A PCH Sede II/Centenária está em construção no rio Potiribu, na Linha 04 Leste, em Ijuí, e terá uma barragem acima da Cascata Wazlawick, túnel de adução de aproximadamente dois quilômetros e casa de máquinas próxima à Associação dos Apicultores de Ijuí, alcançado um declive total de aproximadamente 40 metros, o que possibilitará uma capacidade instalada de 7 Megawatts (MW). A perfuração do túnel também entra em sua fase final, restando aproximadamente 60 metros ainda a serem escavados. A barragem está 80% concluída.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Ceriluz