Busca rápidaX

MANCHETES

Procura por emprego é menor que a quantidade de vagas ofertadas, em Ijuí

22 de novembro de 2021

A média diária de procura ao Sistema Nacional do Emprego, SINE, em Ijuí, é de apenas sete pessoas. Realidade externada pelo coordenador da unidade, Nestor Telier. Em entrevista à Rádio Progresso, ele disse que a baixa procura pela unidade reflete a dificuldade dos empresários em recrutar novos funcionários. 

O que por um lado é bom, já que Ijuí vai na contramão do país, com oferta de vagas que atendem diversas áreas, é também um problema: as pessoas não estão interessadas nas funções disponíveis. Segundo Nestor, há casos de empresários que aguardam mais de dois meses até que a vaga seja preenchida. “Alguns empresários me ligam questionando sobre o preenchimento de vaga disponibilizada há mais de dois meses. O recrutamento está difícil”, pontuou.

Um dos motivos que pode estar contribuindo para a baixa procura, segundo Nestor, é a ascensão dos aplicativos. “Algumas pessoas podem estar mapeando as vagas pela internet e entrando em contato diretamente com as empresas. É uma hipótese”. 

Em relação aos dados nacionais, a taxa de desemprego do país tem mostrado tendência de queda, mas é a 4ª maior entre as principais economias do mundo. É o que aponta ranking da agência de classificação de risco Austin Rating, que reúne dados de mais de 40 países que já divulgaram dados oficiais no 3º trimestre.

O levantamento mostra que o desemprego no Brasil é mais que o dobro da taxa média global e também o pior entre os integrantes do G20 (grupo que reúne os 19 países mais ricos do mundo e a União Europeia) que já divulgaram números relativos a agosto ou setembro.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!