Busca rápidaX

Produção de sabão ecológico por apenados deve se tornar documentário em Santo Ângelo

8 de janeiro de 2020
Fernando Gomes / Prefeitura de Santo Ângelo

A produção de sabão ecológico feita pelos apenados de Santo Ângelo deve se tornar um documentário. Em reunião realizada na tarde de ontem (7) na Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Santo Ângelo (SEMMA), foi tratado sobre o desenvolvimento de um projeto audiovisual com o intuito de dar maior visibilidade ao Projeto Fábrica de Sabão Ecológico Curumim. 

O encontro contou com a presença do servidor da Secretaria de Meio Ambiente, Douglas Barbosa, da agente penitenciária Débora Pedroso, responsável pelo projeto Fábrica, e a agência RDF Films, representada pelos diretores Priscila Cardoso e Luciano Rodrigues, além de integrantes da Zona de Inovação Criativa e Sustentável de Santo Ângelo (ZISSAN) e da coordenadora do Programa Inova Santo Ângelo, Helenice Reis.

De acordo com a agente penitenciária Débora Pedroso, o projeto consiste na criação de um sabão ecológico por parte dos apenados, os quais são distribuídos a mais de 2,8 mil pessoas privadas de liberdade, nas cidades da 3ª Região Penitenciária gaúcha. A matéria-prima utilizada na produção é o óleo de cozinha usado. O sabão é produzido por apenados do Instituto Penal de Santo Ângelo. “Vai ser produzido um Storytelling (contar a história) sobre o Projeto Curumim e a prática do mesmo no sistema prisional. A ideia do vídeo é divulgar a iniciativa e fazer com que as pessoas reconheçam a marca e saibam como colaborar com o projeto”, explica. 

Segundo o servidor da SEMMA, Douglas Barbosa, o objetivo é fazer com que a marca Projeto Curumim seja vista pela população como meio sustentável e exemplo vivo que dão aos apenados uma perspectiva de mudança por meio do trabalho. 

O projeto “Sabão Ecológico Curumim” foi lançado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), em parceria com o Instituto Penal de Santo Ângelo, com apoio do Governo Municipal, SEMMA, Faculdade CNEC Santo Ângelo, Conselho Penal e Fundopem/RS – Comdema, Ministério Público, Poder Judiciário, e Corsan.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí / Assessoria de imprensa da Prefeitura de Santo Ângelo

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!