Busca rápidaX

MANCHETES

Produtores de eventos de Ijuí e região lutam pela retomada do setor

11 de maio de 2021

O setor de eventos continua sendo um dos mais prejudicados na pandemia. Impossibilitados de trabalhar há mais de um ano e dois meses, mesmo com a retomada de muitos segmentos, esse é um dos únicos ramos que continua impedido de exercer a função na normalidade, o que vem resultando em uma grande crise financeira. Em recente entrevista à Rádio Progresso, a produtora de eventos ijuiense, Maria Saraiva, afirmou que a categoria vive uma “luta diária” para poder seguir com a profissão, já que muitos dependem exclusivamente desse trabalho.

Ainda sem saber como seria o futuro em relação a pandemia, em março do ano passado foi criada a APEIR- Associação dos profissionais de eventos de Ijuí e região. Segundo Maria Saraiva, representante do grupo, atualmente são 150 pessoas que integram a associação, que tem por objetivo unir forças e mostrar à sociedade que o trabalho da categoria precisa continuar. Saraiva comenta ainda que o grupo também realizou atividades solidárias, a través da doação de 358 fardos de água ao HCI além de materiais de prevenção ao Hospital Bom Pastor.

Além disso, segundo Saraiva, a APEIR, ao longo desse período, tem realizado diversos encontros junto ao Poder Executivo e Legislativo na busca por auxílio financeiro e pelo reconhecimento da importância do trabalho da categoria como um trabalho essencial. Segundo a produtora de eventos está em andamento um projeto que vai desenvolver uma “live” em Ijuí que vai contar com a participação de músicos da região.

Sobre a retomada dos eventos, Maria Saraiva afirma que a associação entende que o País ainda vive uma série crise sanitária, no entanto, segundo ela, ainda assim é possível organizar um retorno se houver consciência e responsabilidade tanto pelo cliente quanto pelo fornecedor. Segundo a produtora, é fácil controlar as regras num evento quando os dois lados estão dispostos a cumpri-las.

No próximo dia 17 o governo do estado do Rio Grande do Sul deve divulgar o novo modelo que vai substituir o atual sistema de distanciamento controlado. A novidade provavelmente vai dar mais autoridade para que municípios definam regras sobre a realização de eventos por exemplo.

Ouça a entrevista na íntegra! 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!