Busca rápidaX

MANCHETES

Projeto da Emater reduz uso de inseticidas em 50%

30 de março de 2017
Um projeto desenvolvido pela Emater conseguiu reduzir pela metade o uso de inseticidas em  lavouras de soja no Rio Grande do Sul. Ao todo, 61 plantações foram monitoradas pela entidade ao longo de safra e os resultados foram encontrados em algumas delas.

A intenção do projeto, chamado de Lavoura de Resultado, é diminuir o uso de agrotóxicos sem afetar a produtividade.

"Os resultados iniciais apontam uma redução de mais de 50% do uso de inseticidas no controle de lagartas. Então sabemos que nós tendo esse conhecimento do que está acontecendo, nós podemos controlar, sim, não perder a produtividade mas diminuir a aplicação de inseticida com segurança que o rendimento final não será afetado", observa o engenheiro agrônomo da Emater regional, Gilberto Bortolini. 

As lavouras foram monitoradas ao menos 15 vezes durante a safra de soja pelos engenheiros agrônomos. Eles verificaram a quantidade e quais insetos existiam na plantação. A partir daí foram indicados os produtos a serem aplicados, com teor de toxicidade mais baixo.

"Nós observamos que, através do monitoramento, a gente pode fazer as aplicações necessárias dos defensivos somente no momento em que tinha a quantidade adequada de insetos praga. Com isso, nós conseguimos ter uma redução nas aplicações de inseticidas. Isso tem um impacto positivo tanto ambientalmente quanto economicamente", detalha a engenheira agrônoma da Emater Larissa dos Reis.

A iniciativa garante assistência aos produtores do plantio até a colheita. "O nosso principal objetivo é nós dar um resultado melhor para o agricultor. Dentro da composição de todos os custos que tem em uma lavoura, nós queremos que o produtor tenha o menor custo e que ele fique com a maior receita, por isso nós queremos que ele tenha o melhor resultado da atividade", observa o engenheiro agrônomo Alencar Paulo Rugeri. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!