Busca rápidaX

Propagação da variante Delta reforça necessidade de seguir com medidas de segurança, diz médico e presidente do HCI

3 de agosto de 2021

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, ontem (02) mais três casos da variante Delta no Rio Grande do Sul. As contaminações, conforme o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) foram registradas em Santana do Livramento e Canoas. No município da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, duas pessoas testaram positivo para a cepa. Na cidade da região Metropolitana, a variante infectou uma pessoa.
Com a nova atualização, subiu para oito o número de gaúchos contaminados pela Delta, considerada por especialistas mais transmissível, mas ainda sem estudos que comprovem a gravidade. A SES ainda não contabiliza os dois casos confirmados pela Prefeitura de Montenegro apesar de considerá-los prováveis, após exames realizados pelo Cevs indicarem a probabilidade.

Em recente entrevista à Rádio Progresso, o Dr. Douglas Uggeri, que também é presidente do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) disse que apesar das quedas nas internações na casa de saúde, não é hora de relaxar com as medidas básicas de segurança, como o uso de máscaras e álcool em gel. Além disso o médico reforçou que apesar do avanço na imunização contra a doença, a vacina não protege 100% contra o vírus, por isso é importante que as pessoas ainda entendam a importância de não realizar grandes aglomerações, enquanto toda população estiver imunizada com as duas doses.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!