Busca rápidaX

MANCHETES

Proposta do Funrural precisa passar por nova avaliação

16 de Maio de 2017
A Frente Parlamentar da Agropecuária voltou a se reunir ontem com a equipe econômica na tentativa de fechar um texto de consenso sobre o novo modelo de cobrança do Fundo de Assistência ao Produtor Rural, o Funrural. Segundo o deputado Jerônimo Goergen, do PP gaúcho, a edição da Medida Provisória para regulamentar o tema foi adiada por conta de novos itens que foram colocados na mesa de negociações.

A primeira discordância é em relação ao prazo para a adesão do programa, considerado curto até novembro. Outra divergência diz respeito à exigência de pagamento de 5% do passivo em cinco parcelas, começando já em novembro até março do próximo ano, sem nenhum desconto, o que não estava previsto nas discussões iniciais. Jerônimo Goergen disse, ainda, que não há concordância com relação à exigência para que os produtores abram mão das ações que tramitam na Justiça e à cobrança de juros futuros, com a fixação da Taxa Selic.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!