Busca rápidaX

Prorrogado para 14 de junho prazo para inscrição no Bolsa Juventude Rural

27 de abril de 2020

Até o dia 14 de junho os jovens rurais do Rio Grande do Sul podem acessar uma das 471 bolsas de estudo concedidas pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). Para saber mais informações, a documentação necessária, os compromissos e os benefícios do Programa, a indicação é entrar em contato com a Emater/RS-Ascar. Pelo Programa, os jovens inscritos recebem um auxílio de R$ 200,00 mensais, pagos por um período de dez meses.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (27), “o novo adiamento do prazo se fez necessário em função da suspensão das aulas na rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul, devido à pandemia da Covid-19”, explica o secretário da Seapdr, Covatti Filho. De acordo com o Departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria da Secretaria, o prazo já havia sido prorrogado até 30 de abril e novamente estendido.

REQUISITOS

Para participar, o jovem precisa atender a requisitos como estar matriculado(a) no segundo ou no terceiro ano do ensino médio, em escolas públicas estaduais ou em instituições sem fins lucrativos e de caráter comunitário, ter entre 15 e 29 anos, possuir Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) ativa e possuir baixa renda bruta familiar.

Neste ano serão concedidas 471 bolsas pelo Programa, sendo 200 para alunos do 2º ano e 271 para alunos do 3º ano do Ensino Médio. Como novidade, o Programa está exigindo o envio de um pré-projeto, junto à documentação mínima determinada pela lei. Esse pré-projeto deverá servir de base para a elaboração do Projeto Produtivo, que é a contrapartida obrigatória apresentada pelo jovem durante o recebimento da Bolsa.

O Programa estimula e oportuniza a permanência dos jovens no campo, por meio do projeto produtivo que deve ser desenvolvido com a Emater/RS-Ascar e aplicado na propriedade. “O programa está vinculado à matrícula e frequência escolar, estimulando com isto a permanência e conclusão dos estudos”, destaca a extensionista da Emater/RS-Ascar de Porto Alegre, Magda Pereira

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Governo do Estado
error: Conteúdo protegido!