Busca rápidaX

MANCHETES

Protesto liderado por caminhoneiros em base de combustíveis de Ijuí deve ter sequência

7 de dezembro de 2017

O protesto dos caminhoneiros e demais voluntários continuou hoje à tarde em frente a unidade da Petrobrás, Avenida José Gabriel, bairro Tiarajú, em Ijuí. Conforme o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas, Carlos Alberto Dahmer, caminhões não entravam e nem saiam da unidade. Várias pessoas se revezaram numa espécie de acampamento montado em frente ao local. O protesto deve continuar nesta noite e amanhã, sem data para término. O principal motivo do ato é a alta dos combustíveis.

Em contato com a reportagem da RPI, o caminhoneiro de transporte autônomo Norton Barrichello, ressalta que a manifestação pede, principalmente, a revogação do decreto que aumenta o imposto diante dos combustiveis, e justifica que a classe dos caminhoneiros trabalha de forma insustentavel, e que os fretes e a nova sistemática de preços tornam inviaveis a execução da atividade.

Nesse mesmo compasso, o estudante e representante do movimento social Levante Popular de Ijuí, Eduíno Nascimento ressalta que é necessário haver uma unidade da luta de toda a classe trabalhadora, em virtude da exploração do trabalhador, principalmente com o aumento do gás de cozinha. Quanto à educação, o estudante mencionou que existe em curso uma política de desvalorização deste segmento, ao privatizar universidades públicas, e assim atrofiar os projetos e programas que contemplam jovens já inseridos nestas instituições.

 

 

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!