Busca rápidaX

PSL de Ijuí comunica desligamento de vice-presidente da sigla após suspeita de tráfico de drogas

31 de julho de 2021

O PSL- Partido Social Liberal, emitiu uma nota a imprensa, comunicando medidas tomadas em relação ao vice-presidente do PSL de Ijuí, Sr. Marcos Bertão, mediante os fatos veiculados na mídia envolvendo investigação criminal do mesmo. O PSL Ijuí aguardará a elucidação do fato ocorrido pelos órgãos competentes, no entanto, o partido já informou o licenciamento e desligamento de Marcos Beltrão da sigla partidária até a investigação e decisão judicial conclusiva.

Relembre o fato:

A maior apreensão de drogas ocorrida na Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí começa a ter uma resposta da polícia. Agentes da 2ª Delegacia de Polícia Civil identificaram, até agora, dois responsáveis por levar os 7,8 quilos de maconha e 400 gramas de cocaína para o interior da casa prisional.

A investigação apurou que um homem conhecido nos meios policiais por traficar drogas teria levado o entorpecente para um agente penitenciário – este sem antecedentes – que recebeu o carregamento e teria levado para o interior do presídio. A polícia não repassa nomes, mas conforme apuração da Rádio Progresso, o servidor é Marcos Berton, 49 anos. Ele foi candidato a vereador pelo Partido Social Brasileiro (PSL) nas últimas eleições municipais. Recentemente, Berton foi diretor da Penitenciária Modulada. 

Conforme o delegado Gustavo Arais, foram expedidos vários mandados de busca e apreensão. “O pleito teve parecer totalmente favorável do Ministério Público, entretanto em relação ao supracitado funcionário público a prisão preventiva foi indeferida, sendo substituída por medidas cautelares”.
O agente penitenciário está proibido de acessar qualquer estabelecimento prisional do Rio Grande do Sul, ficando o afastado de sua função pública junto à Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) até nova deliberação. Ele também está suspenso do exercício de sua função pública e deve comparecer a todos os atos processuais e não se envolver em outros ilícitos.

Durante a tarde desta terça-feira, no Bairro Colonial, o traficante que levou as drogas para a Modulada foi capturado pelos agentes policiais da Polícia Civil de Ijuí. O indivíduo que, conforme apuração da reportagem da RPI é Deivide Schenke dos Santos, de 32 anos, é reincidente específico, sendo encaminhado para a Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí após os trâmites legais.
Foram cumpridos vários mandados de busca e apreensão, inclusive na Modulada e numa chácara pertencente ao agente público, bem como em outros locais, e foram apreendidos celulares, munições e porção de maconha. As investigações continuam para apurar quem era o preso que iria receber as drogas e as distribuir, bem como se havia terceiros envolvidos, motivos que, aliados ao sigilo das investigações, não nos permitem maiores divulgações.

Confira a íntegra de nota enviada à reportagem da RPI. O Advogado Criminalista, Guilherme Kuhn, responsável pela Defesa do agente penitenciário, registrou que:

“1. Infelizmente a vida intramuros, no cárcere, revela um submundo desconhecido, extremamente delicado, não compreendido, com a submissão de pessoas a situações perigosas, não raras vezes, impondo certas condutas e comportamentos, sob pena de um mal maior;

2. Desde o primeiro momento, antes mesmo da investigação policial ser realizada de forma mais profunda, e antes da existência de qualquer determinação judicial, o agente penitenciário, voluntariamente e espontaneamente, por uma questão de ética e de compromisso com a justiça e em homenagem ao devido processo legal, afastou-se voluntariamente de suas funções para que os fatos sejam devidamente apurados e esclarecidos;

3. O investigado, voluntariamente, demonstrou às Autoridades que o seu humilde patrimônio fora construído aos poucos, licitamente, de forma compatível com a sua remuneração, inexistindo qualquer indício de desproporcionalidade patrimonial e de enriquecimento ilícito. O investigado sempre levou uma vida lícita.

4. O suspeito, através de seu Advogado, comunicou desde o início estar à disposição da Autoridade Policial, que, é preciso reconhecer, vem atuando de forma combativa, leal e ética.

5. Os fatos serão devidamente apurados e esclarecidos nos autos do processo criminal. A postura da Defesa sempre será de respeito e de contribuição com o Poder Judiciário.”

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!