Busca rápidaX

MANCHETES

Quadrilha é condenada em Não Me Toque a mais de 320 anos de prisão

30 de novembro de 2017

Seis homens foram condenados a penas que somam mais de 320 anos de prisão, em duas sessões do tribunal do júri ocorridas recentemente no município de Não Me Toque. As condenações são referentes a três homicídios. Informações divulgadas hoje pelo miinistério público dão conta de que os jurados acataram tese do MP, para condenar os réus Valdelir e Valdecir Alves, Alex dos Santos, Júlio César dos Santos Ross, Tiago Cardoso Lopes e Gilmar Antônio da Silva.

Os acusados, junto a outro comparsa já falecido, mataram a tiros, Tiago Levino Rodrigues Cortez, Vantemar Barbosa e Éverton Cleiton Borges. Eles também foram condenados por organização criminosa armada. Os crimes ocorreram dia 15 de junho de 2013 e foram motivados por vingança. Foi o maior juri da história de Não Me Toque.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!