Busca rápidaX

MANCHETES

Quais são as quatro hipóteses da polícia para o sumiço de contadora

26 de fevereiro de 2018

A Polícia Civil não divulga oficialmente as hipóteses que a levaram a pedir à Justiça a prisão preventiva do vereador Paulo Ivan Landfeldt, 47 anos. 

1 – Briga conjugal
Sandra e o marido tiveram sério desentendimento no ano passado, por questões conjugais. Mas reataram, até porque têm três filhas, além do filho de Sandra, que é de outro relacionamento.

2 – Dívida milionária
Outro fato ocorrido se relaciona a dívidas que clientes de Sandra teriam contraído por conta dos serviços contábeis. Ela teria errado em declarações do Imposto de Renda de empresas. O total de débitos de seus clientes, somado, é de R$ 2,5 milhões. É investigado se alguém teria tentado se vingar da contadora.

3 – Vinganças contra o vereador
O marido de Sandra teria contraído débitos com gente poderosa, durante a campanha para vereador. Há hipótese de que ela tenha sido sequestrada, com exigência de pagamento das dívidas.

4 – Erro no alvo
Uma hipótese checada, mas pouco provável, é de que ladrões tenham sequestrado Sandra, pensando que o veículo ocupado por ela pertencia a um desafeto do bando. Essa pessoa teria confrontado a quadrilha. Sandra, se isso ocorreu, seria vítima de um erro de identificação dos criminosos.

A Polícia Civil designou mais três agentes para investigar o caso. A prisão preventiva dos dois suspeitos não tem data para expirar.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!