Busca rápidaX

Queda de 30% no Petróleo vai refletir no Brasil, garante economista Argemiro Brum

9 de março de 2020

Com um tombo de 30% após a Arábia Saudita reduzir seus preços e sinalizar aumento da produção em represália à Rússia, a cotação do barril do petróleo enfrenta a maior queda desde 1991. O evento atípico, terá reflexos mo mundo e no Brasil.

A redação da Rádio Progresso conversou com economista e professor da Unijuí, Dr. Argemiro Brum, que assim como outros analistas da área, prevê um forte nervosismo nos mercados financeiros, já abalados pelo surto do coronavírus, e perdas relevantes para países exportadores de petróleo.

A queda no preço do petróleo terá impacto para a Petrobras e para o governo, que terá menor arrecadação com royalties.

Em entrevista à RPI, o presidente do Sulpetro, João Carlos Dal’Aqua, disse que a situação causa apreensão, e que no momento é imprevisível fazer projeções sobre o que poderá acontecer. “Estamos aguardando quais medidas o governo vai tomar depois de analisar quais são as alternativas” afirma.

Sobre o reflexo da queda na cotação do petróleo nas bombas de combustíveis, Dal’Aqua afirma que gostaria que essa redução fosse repassada ao valor da gasolina, porém, volta a salientar que é difícil prever qualquer situação diante de um momento tão atípico.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!