Busca rápidaX

Queda do FPM e ICMS prejudicaram prefeitura de Ijuí no primeiro semestre

13 de julho de 2018

O Poder Executivo de Ijuí, segundo o secretário da Fazenda, Irani Basso, trabalha com bastante cuidado no que diz respeito ao orçamento deste ano, visto a restrição de recursos. Basso explica que no primeiro semestre deste ano houve queda de 5,7% do Fundo de Participação dos Municípios, o FPM, por parte do governo federal, e redução de 4,4% no ICMS, que é encaminhado pelo Estado.

Um dos principais fatores que ajudou a administração municipal de Ijuí a ter equilíbrio nas contas foi o bom ingresso de dinheiro referente ao IPTU e taxa de lixo, até porque muitos contribuintes pagaram o IPTU em cota única, visto os descontos.

Por outro lado, o secretário da Fazenda de Ijuí afirma que o município contingenciou, ou seja, mantém no caixa, sem gastar, entre 15 e 16 milhões de reais para o segundo semestre deste ano. Desse montante, em torno de 10 milhões e 500 mil reais estão reservados para pagar o 13º salário do funcionalismo municipal, no final do ano. O restante fica para gastar apenas se tiver confirmação desses recursos para a prefeitura ijuiense.

Compartilhar
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!