Busca rápidaX

MANCHETES

Redução de menores abrigados leva Lar Henrique Liebich de Ijuí encerrar acolhimento institucional

27 de fevereiro de 2018

Se por um lado o Lar da Criança Henrique Liebich de Ijuí registrou redução de crianças e adolescentes abrigados nos últimos anos, por outro, segundo o diretor-executivo, Leandro Corrêa (foto), isso significa melhor estrutura das famílias. Durante entrevista hoje pela manhã na Progresso, ele confirmou o término do programa de acolhimento instituicional. No final do ano passado o Lar tinha apenas 12 menores acolhidos. Em 2011 era 30.

Com altos custos para manter o programa, foi decidido por permanecer com o atendimento socioeducativo, em que estudantes permanecem durante o dia na entidade, em turno inverso às aulas. Inclusive, Leandro Corrêa esclareceu que no momento são 96 pessoas atendidas no segmento socioeducativo e há entre 40 e 50 alunos na fila para participar da iniciativa que oferece refeições, reforço escolar, atividades lúdicas e recreativas, além de oficinas.

Os menores de idade que estavam acolhidos no Lar Henrique Liebich foram transferidos para outras instituições ijuienses. Ainda houve adoções e outros completaram 18 anos, por isso, precisam sair dos internatos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!