Busca rápidaX

Região de Ijuí deverá organizar recurso para tentar reverter bandeira vermelha da Covid-19

28 de agosto de 2020

A região 13, que tem como referência Ijuí no sistema de distanciamento controlado do governo gaúcho, sobre Covid-19, volta à indicação de bandeira vermelha, ou seja, de alto risco para a doença. A divulgação prévia das bandeiras para a próxima semana aconteceu no final da tarde de hoje pelo Estado.

Agora, as regiões e municípios têm até às 6 horas de domingo para interpor recurso e tentar uma classificação mais branda, por exemplo, da bandeira vermelha para laranja. Após, o Executivo gaúcho avalia os argumentos e no final da tarde de segunda-feira vai divulgar as bandeiras definitivas que irão vigorar de terça-feira até o dia 8 de setembro.

No momento, a região de Ijuí está na bandeira laranja, de risco médio para o novo coronavírus, e assim vai permanecer até segunda-feira. Porém, se for confirmada a classificação vermelha, a partir da próxima terça-feira haverá mudança de algumas regras, por exemplo, com restrição de funcionamento do comércio.

O prefeito de Ijuí, Valdir Heck, disse que era previsível a indicação para a bandeira vermelha, visto o aumento de casos da Covid-19, além da falta de apoio de parte da população, que se aglomera e não respeita o distanciamento social. Por outro lado, nos últimos dias, dois moradores de Ijuí morreram em razão da doença.

Já o secretário de Governo de Ijuí, Telmo Alves, enfatizou que o pior cenário da Covid-19 em Ijuí foi registrado nessa semana, em termos de aumento de casos e ocupação de leitos de UTI, mesmo que as hospitalizações sejam por outros problemas de saúde.

A saída, segundo ele, é apresentar recurso para tentar se manter na bandeira laranja, o que deve ser organizado neste sábado. Hoje, a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), com sede em Ijuí, protocolou o projeto, junto ao governo do Estado, de criação de um comitê regional para cogestão do sistema de distanciamento controlado.

O objetivo é que esse comitê possa analisar e implantar regras mais brandas para a região, mesmo com uma bandeira vermelha, por exemplo. Porém, o governo do Rio Grande do Sul tem dois dias para aprovar ou não o comitê. Se for aprovado, possivelmente não vai dar tempo para que o grupo possa atuar já para a próxima semana, caso a região 13 seja confirmada com a bandeira vermelha.

A nota técnica divulgada hoje pelo Estado, detalhou que a região de Ijuí foi pré-indicada com bandeira vermelha, pois somou 112 casos ativos para a Covid-19 na última semana.No caso dos registros de hospitalizações nos últimos sete dias para a doença, houve aumento de 73%. Além disso, ficou alto o indicador de projeção de óbitos, visto que nessa semana foram registradas cinco mortes na região 13 devido ao novo coronavírus.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!