Busca rápidaX

MANCHETES

Regiões de Ijuí, Santo Ângelo e Cruz Alta recebem alerta para Covid na primeira avaliação dos 3As

18 de maio de 2021

O governo gaúcho vai divulgar, as 11 horas de hoje, se confirma alertas de risco para crescimento da Covid nas regiões de Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Passo Fundo e Cachoeira do Sul. Todas apresentam incidência de casos por 100 mil habitantes nos últimos sete dias acima da média estadual. Pelo novo sistema de gestão da pandemia, se os alertas técnicos forem oficializados pelo gabinete de crise, as cinco regiões, por meio dos prefeitos, vão ter 48 horas para responder que medidas pretendem adotar para conter o avanço do Coronavírus.

Domingo entrou em vigor a nova sistemática de gerenciamento da pandemia, chamada de 3As, ou seja, aviso, alerta e ação. Se os técnicos do Estado percebem tendência de estabilização ou de leve piora da Covid, emitem aviso, mas se houver piora acentuada, ocorre comunicação de alerta para as regiões, ou seja, o último nível dos 3 As. Para as regiões de Santa Rosa e Palmeira das Missões, foi emitido aviso, o que não exige que os prefeitos adotem medidas.

Ontem, durante entrevista na RPI, a diretora da secretaria estadual da Saúde, Ana Costa, disse que a macrorregião Missioneira, que abrange as regiões de Ijuí, Santo Ângelo e Cruz Alta, causa bastantes preocupação, visto crescimento de casos, internações e óbitos por Covid. O município de Santo Ângelo, por exemplo, vive o pior momento da pandemia, com 1.108 infectados e 28 mortes somente neste mês. Além disso, os hospitais estão com todos os leitos clínicos e de UTI ocupados.

Por outro lado, a região de Santo Ângelo tem a situação mais delicada dentre as 21 regiões Covid do Estado. Isso porque, a região de Santo Ângelo lidera em casos confirmados e em taxa de mortalidade os números no Rio Grande do Sul. E o Rio Grande do Sul deve receber, hoje à tarde, mais 188 mil e 800 doses da vacina CoronaVac, contra a Covid.  Junto deve chegar 269 mil e 100 unidades do imunizante AstraZeneca. Já nesta noite, existe possibilidade do Estado receber nova remessa da Pfizer.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e GaúchaZH
error: Conteúdo protegido!