Busca rápidaX

Regiões de Santo Ângelo, Santa Rosa e Palmeira das Missões voltam a ter indicação de bandeira vermelha para Covid-19

31 de julho de 2020

A região 13, de Ijuí, no sistema de distanciamento controlado sobre Covid-19 do governo gaúcho vai permanecer na bandeira laranja na próxima semana. A informação consta na divulgação da prévia das bandeiras da nova rodada do mapa do distanciamento que ocorreu no início da noite de hoje, 31.

Com isso, Ijuí e região seguirão com as mesmas regras sobre funcionamento do comércio, circulação de pessoas, dentre outros quesitos, visto que no momento vigora justamente a mencionada bandeira para a região. A região 12, de Cruz Alta, também foi mantida na bandeira laranja.

Porém, as regiões 11, de Santo Ângelo, e 14, de Santa Rosa, foram classificadas previamente na bandeira vermelha, ou seja, risco alto, com piora na situação do novo coronavírus, pois nesta semana estão com bandeira laranja.

As regiões 15 e 20, por sua vez, que têm como referência o município de Palmeira das Missões, foram indicadas para permanecer com bandeira vermelha, que já vigora há três semanas. Agora, prefeituras e regiões têm até as 7 horas de domingo, 02, para protocolar recursos, caso queiram tentar mudança para bandeiras mais brandas. Segunda-feira, 03, o Estado vai analisar os argumentos e divulgar as bandeiras que terão vigência da terça-feira que vem até 10 de agosto.

Confira a avaliação do Estado sobre bandeiras vermelhas para as regiões de Palmeira das Missões, Santo Ângelo e Santa Rosa:

PALMEIRA DAS MISSÕES

A região de Palmeira das Missões mantém a classificação de alto risco. O número de casos ativos pela doença permanece crescendo, passando de 282 registros para 359 entre as duas semanas. Este critério, que comparado com os casos recuperados nos 50 dias anteriores, teve o valor de 0,50, frente a 0,48 na semana anterior. Portanto, com o aumento, o indicador obteve bandeira vermelha.

A região registrou novamente aumento nas hospitalizações confirmadas para Covid-19 nos últimos 7 dias entre as duas semanas, passando de 22 hospitalizações para 32. Os casos de internados em UTI por síndromes respiratórias agudas graves tiveram pequena redução, já que agora são 8 pacientes, ao passo que há uma semana eram 9 casos. No caso do número de internados confirmadas para Covid-19 em leitos clínicos e de UTI, no último dia, observou-se
aumento em ambas, com a primeira passando de 16 para 19 e a segunda com 1 paciente internado em UTI a mais (de 3 para 4).

Além da situação nos indicadores de avanço da doença, o indicador de Incidência de Novos Casos Sobre a População continua em situação de risco elevado, principalmente no indicador de hospitalizações a cada 100 mil habitantes. Por fim, com relação ao número de leitos de UTI livres no último dia, comparado entre as duas semanas, se verifica um aumento, passando de 8 para 11 leitos livres.

SANTO ÂNGELO

Nessa décima terceira rodada do Distanciamento Controlado, a região de Santo Ângelo obtém novamente mensuração final compatível à bandeira vermelha. O quantitativo de hospitalizações registradas para Covid-19 nos últimos 7 dias aumento em apenas 1 paciente frente à semana anterior na região de Santo Ângelo, com o que a região obteve bandeira amarela no indicador.

Apesar da estabilidade no indicador de hospitalizações, sua incidência na população ainda é alta. São registrados 5,89 de hospitalizações a cada 100 mil habitantes, uma classificação de risco alto. No que diz respeito ao estágio de evolução da doença na região, o indicador apresentou bandeira laranja. Registraram-se 43 casos ativos na última semana, ao passo que somaram 126 casos recuperados nos 50 dias que antecederam o início da semana de referência. Por fim, em relação à projeção de óbitos para uma semana, o indicador foi classificado na bandeira preta, em face do óbito de 5 pacientes da região da última semana.

SANTA ROSA

Nessa décima terceira rodada do Distanciamento Controlado, a região de Santa Rosa obtém novamente mensuração de bandeira vermelha. É a quarta semana em bandeira vermelha no cálculo dos indicadores, apesar de que, nas últimas três rodadas, o recurso da região foi acolhido pelo Gabinete de Crise, mantendo a região em bandeira final laranja.

Dentre os indicadores de velocidade do avanço da doença na região, o de variação no número de hospitalizações confirmadas para Covid-19 entre as duas semanas na região apresentou bandeira vermelha. Foram registradas 15 hospitalizações confirmadas para Covid19 na região nos últimos 7 dias, ante as 11 registradas no período de referência anterior.

O indicador de incidência de novos casos da doença na população da região seguiu na bandeira vermelha. São 6,34 hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos 7 dias por 100.000 habitantes. No que diz respeito ao estágio de evolução da doença na região, o indicador também apresentou agravamento, mantendo a classificação na bandeira vermelha.

Registraram-se 100 casos ativos na última semana, ao passo que somaram 100 casos recuperados nos 50 dias que antecederam o início da semana de referência. Por fim, tendo registrado apenas 1 óbito nos últimos 7 dias e considerando as hospitalizações em UTI na macrorregião, o indicador de projeção do número de óbitos obteve bandeira vermelha, melhorando em relação às duas pretas anteriores.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí