Busca rápidaX

Relatório aponta estagnação do plantio da soja na região e perdas no milho

25 de novembro de 2020

Na maioria dos 44 municípios do escritório regional da Emater, com sede em Ijuí, o plantio da soja está parado, visto a falta de chuva. O informativo conjuntural semanal do escritório, divulgado ontem, aponta que o cultivo da oleaginosa está em 41%.

As áreas semeadas no início do mês apresentam estande regular, com plantas emergidas em períodos diferentes conforme ocorrência de precipitações climáticas. Há baixa densidade de plantas onde o solo se encontra mais compactado e com pouca cobertura de palha. Por outro lado, ocorre aumento do ataque de tripes nas lavouras emergidas.

No que se refere ao milho, 7,70% da cultura está em granação, que é a fase mais adiantada. Além disso, existe cerca de 34% em floração. Nos locais da região de Ijuí em que as chuvas foram de baixa intensidade em todo o ciclo do milho, a cultura entrou no estágio reprodutivo com as plantas muito pequenas, estatura abaixo de um metro, baixo acumulo de massa seca e com potencial produtivo comprometido.

A maioria das lavouras está na fase de pendão e emissão das espigas, mas poucas plantas apresentam espigas proeminentes, além de número reduzido de grãos. Agricultores já encaminham o seguro das lavouras e solicitam liberação das áreas para implantação de outro cultivo.

Segundo a Emater, a tendência é semear soja nas áreas de milho que eram destinadas à colheita de grão. Nas áreas de silagem, os produtores retornarão com milho para suprir a necessidade de produção de alimentos ao rebanho leiteiro.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!