Busca rápidaX

Renovação de aluguéis da Cotrijuí faz parte de projeto para tentar recuperação financeira

18 de junho de 2021

A administração da Cotrijuí, nomeada pela Justiça, atua na renovação de contratos de aluguéis de diferentes estruturas e ainda não tem nada de definido sobre a venda de imóveis. Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o advogado Rafael Brizola, que faz parte do grupo de interventores na cooperativa, enfatizou que só haverá algum tipo de comercialização de estrutura a partir de decisão judicial. Acrescentou que com dinheiro próprio a Cotrijuí não consegue pagar os credores, por isso, acredita que seja necessário vender bens. Rafael Brizola disse que a pandemia Covid atrapalhou o andamento do processo de recuperação financeira da cooperativa, também por isso é preciso renovar os aluguéis por mais três anos.

Estão alugados, especialmente, os armazéns de grãos, mas também existem aluguéis de postos de combustíveis e do frigorífico de São Luiz Gonzaga. Já houve renovação da maioria dos contratos. Brizola destacou que o Tribunal de Justiça gaúcho emitiu recurso que permite novos arrendamentos em unidades da Cotrijuí não utilizadas, para que o patrimônio não fique ocioso. Já os supermercados da cooperativa apresentam resultados positivos de recuperação, aliás, são estruturas que permanecem com administração pela própria cooperativa, diferente de outras estruturas alugadas. Inclusive, Rafael Brizola observou que no segmento de supermercados é possível verificar recuperação financeira e o lucro dessa área é utilizado para pagar salário dos funcionários e quitar compromissos com fornecedores.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!