Busca rápidaX

Representantes de Ijuí acompanham reunião em Brasília sobre moradores da beira dos trilhos

4 de setembro de 2018

O prefeito de Ijuí, Valdir Heck, o vereador Júnior Carlos Piaia, e o presidente da Associação dos Moradores da Beira Trilhos, Willy Pereira, participaram ontem, 03, em Brasília, da terceira reunião da Câmara de Conciliação e Arbitragem da Administração Federal, mediada pela conciliadora Helena Leão Costa Tapey, para tratar sobre conflito fundiário coletivo urbano na cidade de Cruz Alta.

A ideia é que essa experiência sirva de parâmetro na busca de soluções para cenário semelhante na cidade de Ijuí, onde há pelo menos 72 famílias moradoras na faixa de domínio da Rumo Malha Sul, operadora ferroviária do Brasil (margens da linha férrea).

Durante a reunião, a Rumo e o Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (DNit) apresentaram as diferentes faixas de domínio, conforme determinação da mediadora Helena, em reunião anterior. “A ideia era que fossem conhecidas as diferentes faixas de domínio, haja vista a variação de um local para outro”, explica o prefeito.

Com base nas informações colhidas em Brasília, segundo articulação entre o vereador Júnior Piaia, o prefeito e o presidente da Associação dos Moradores, deverá ser chamada uma reunião envolvendo os moradores da beira trilho de Ijuí para identificar o verdadeiro conflito que há entre os moradores e a Rumo Malha Sul.

“Nós precisamos ter em mãos todas as informações que nos permitam abrir a negociação na Câmara de Conciliação e Arbitragem e para que possamos, assim, ser chamados para uma reunião que no nosso caso seria a primeira”, explica Piaia.

Na avaliação do prefeito Valdir Heck e também do vereador Júnior Piaia, na próxima reunião, a quarta envolvendo moradores da região beira trilhos de Cruz Alta, agendada para 3 de dezembro próximo, a Rumo deverá esclarecer cada área de domínio, o que poderá inclusive encerrar vários processos se os mesmos não estiverem de acordo com a faixa de domínio.

“O quanto antes nós fizermos isso, vamos para a mesa de negociação e a Rumo já disse que não tem problema, poderá pedir a suspensão das ações enquanto a mediação estiver na Câmara”, finaliza o prefeito.


Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Prefeitura

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!