Busca rápidaX

Resolução do TSE sobre diminuição de zonas eleitorais não atingirá RS

29 de julho de 2017
A resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), divulgada a cerca de dois meses que orienta os tribunais regionais eleitorais diminuam o número de zonas eleitorais nos Estados, não deverá atingir o Rio Grande do Sul. 

De acordo com o presidente do TRE-RS, desembargador Carlos Cini Marchionatti, um estudo feito no Estado será encaminhado ao TSE, no dia 15 de agosto, justificando que, no entender do tribunal, não há necessidade de que seja feito um corte nas zonas eleitorais do Estado.

Segundo o presidente, após a publicação da portaria, a ex-presidente do TRE-RS, desembargadora Liselena Schifino Robles, conversou com o ministro Gilmar Mendes, que foi sensível aos argumentos locais e revisou a portaria.

Mendes fez ajustes e transformou a portaria em uma resolução. Essa resolução amenizou quase que completamento o assunto, criando critérios e parâmetros, mas que ainda levariam o Rio Grande do Sul a perder 16 zonas eleitorais de um total de 173.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!