Busca rápidaX

Restaurante Popular de Cruz Alta já distribuiu 2.600 marmitas em menos de 60 dias

12 de maio de 2020

O Restaurante Popular, núcleo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Cruz Alta aderiu desde o dia 23 de março a partir do Decreto 101/2020, que estabelece medidas de prevenção ao Covid-19, a distribuição de marmitas aos usuários, evitando assim aglomerações dentro do refeitório. Desde o início da Pandemia do COVID-19, já foram distribuídas mais de 2.600 marmitas para o público alvo, garantindo assim uma refeição nutricionalmente equilibrada.

Segundo a coordenadora do Restaurante, Eloi Cardoso, houve aumento de 55 pessoas no número de pagantes que fazem sua refeição no restaurante popular e um aumento considerável no número de isentos: 501 pessoas não pagam tarifa para receber o almoço. A Secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Natália Ivone Steinbrenner, explica que o aumento no número de isenções decorre da situação atual de crise. “Este aumento se dá graças ao aumento do desemprego nesse momento, o que faz com que a procura pelas refeições seja maior” comenta.

O restaurante atende prioritariamente indivíduos em extrema pobreza, em vulnerabilidade e/ou risco social, inseridos no Cadastro Único (Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada – BPC – , etc.). Também atende trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, população de rua, imigrantes e famílias em situação de risco de insegurança alimentar. Para ter direito a receber estas refeições é preciso realizar o Cadastro Único, que é feito pela SMDS das 08h às 14h, de segunda a sexta-feira, logo após o beneficiário passa por uma análise que conclui se ele é isento ou deve pagar a taxa de R$5 reais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Secretaria de desenvolvimento social de Cruz Alta

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!