Busca rápidaX

MANCHETES

Retomada das aulas na rede pública municipal ainda está em análise em Ijuí

17 de setembro de 2020

Sem aulas presenciais desde 19 de março, ainda não há uma definição sobre quando os 7.500 alunos da rede pública municipal de Ijuí retornam as salas de aula. Isso porque a Secretaria Municipal de Educação aguarda uma orientação por parte dos órgãos da saúde, responsáveis por sinalizar o momento ideal da retomada das atividades.

Segundo o secretário de Educação de Ijuí, Eleandro Lizot, a expectativa é de que as 25 escolas públicas municipais de Ijuí possam retornar as atividades presenciais ainda neste ano, porém, vai depender do comportamento do vírus nas próximas semanas: “percebemos uma possível diminuição no índice de infectados em Ijuí e região. Se essa queda permanecer podemos continuar com esperança de uma retomada ainda neste ano” indica Lizot.

Enquanto há essa indefinição, os secretários da Amuplam- Associação de Municípios do Planalto Médio, trabalha em duas frentes, segundo Lizot: a primeira é na organização do trabalho pedagógico, na medida em que é preciso acompanhar se os alunos estão acessando os conteúdos online, disponíveis no canal de comunicação ‘Tô ligado na escola”, lançado em Maio para facilitar o envio de atividades e a interação entre educadores e educandários. Segundo o secretário de Educação a participação dos alunos está sendo boa, na medida em que a maioria das escolas aponta que 98% dos estudantes estão aderindo ao sistema online.

A segunda frente de trabalho em que os secretários se dedicam neste momento, segundo Lizot, é na organização das atividades para quando as aulas retornarem ao modo presencial. Segundo o secretário, o plano de contingência, também chamado de plano de risco, já está elaborado e aprovado, com mais de 70 itens que garantem a segurança no retorno das atividades presenciais. Além disso, já foi encaminhada a compra de materiais essenciais para o retorno das atividades, como equipamentos de proteção aos professores, funcionários e alunos, máscaras, álcool gel, e demais itens necessários.

Outra questão que preocupa a pasta é quanto a contratação de novos profissionais, na medida em que muitos funcionários e professores da rede municipal de ensino se enquadram no grupo de risco para o coronavírus. Lizot disse que o ano eleitoral limita as ações da pasta, já que neste momento o Executivo analisa em conjunto com o jurídico da Prefeitura a possibilidade de novas contratações.
Sobre o transporte escolar, o Executivo discute a possibilidade de prorrogar os contratos já existentes, mas ainda analisa de que forma vai ocorrer a retomada desses profissionais, já que não haverá acrescimento nas linhas na medida em que a retomada das aulas provavelmente vai ocorrer de forma gradual.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!