Busca rápidaX

MANCHETES

RS quer auditoria para fim de vacina contra febre aftosa em 2019

13 de dezembro de 2018
Emílio Stum, supervisor regional da Agricultura

O Rio Grande do Sul espera que em março do próximo ano o Ministério da Agricultura realize auditoria no Estado para avaliar o pedido sobre o fim da obrigatoriedade da vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa. Segundo o supervisor da Coordenadoria Regional da Agricultura, com sede em Ijuí, a auditoria avalia documentações nas Inspetorias Veterinárias, além de visitas em propriedades, a fim de verificar a imunização nos animais.

Emilio Stum (foto) comenta que, dessa maneira, não há definição se em maio de 2019 haverá nova campanha geral de vacinação de bovinos e bubalinos contra a aftosa, mês em que geralmente esse trabalho é desenvolvido. Em Santa Catarina já não existe mais imunização obrigatória conta a febre aftosa e no Paraná a última campanha deverá ocorrer no ano que vem.

Por outro lado, vai terminar na próxima segunda-feira o prazo para que produtores que vacinaram bovinos e bubalinos, com até dois anos, entreguem as notas de compra dos medicamentos nas Inspetorias Veterinárias. A campanha de imunização desses animais contra a febre aftosa encerrou na última segunda-feira.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!