Busca rápidaX

Saiba como cada deputado votou sobre a venda de bebidas alcoólicas nos estádios e quem mudou de ideia

13 de março de 2019

Nesta terça-feira (12), a Assembleia Legislativa apreciou em plenário vetos do governador Eduardo Leite, entre eles, o que proibia a venda de bebidas alcoólicas em estádios gaúchos. Após um acordo entre as bancadas, o resultado foi amplo: 46 votos a 5 (confira abaixo como cada deputado votou). Segundo o deputado Giuseppe Riesgo (NOVO), a contrapartida de criar uma subcomissão para tratar o assunto convenceu muitos parlamentares que derrubariam o veto a votar a favor. Nos cálculos de Riesgo, em torno de 15 deputados votariam contra, o que mesmo assim não derrubaria o veto, que necessitava de maioria simples em plenário.

Na primeira votação em dezembro do ano passado, o projeto que liberava a venda de bebidas alcoólicas nos estádios foi aprovado sem dificuldades por 25 votos a 13, em uma sessão que teve diversas votações. Curiosamente, os 5 deputados que votaram contra não estavam na legislatura anterior. Mesmo considerando que a Assembleia teve uma renovação de cerca de 50% na sua composição nas últimas eleições, 13 deputados que aprovaram a proposta, mudaram de ideia.

Na primeira votação a bancada do PT divergiu. No entanto, os 3 que votaram a favor da proposta voltaram atrás e mantiveram o veto do governador. Edegar Pretto, Luiz Fernando Mainardi e Valdeci Oliveira mudaram de ideia em menos de 3 meses. Jeferson Fernandes votou contra e manteve o veto. O deputado Zé Nunes não votou na proposta. No PDT, os parlamentares Eduardo Loureiro e Gerson Burmann aprovaram a proposta dos colegas de partido Gilmar Sossella e Ciro Simoni, mas votaram a favor do veto do governador. Juliana Brizola estava ausente na primeira votação.

A bancada do MDB também teve divergência na votação do fim do ano passado. Dos atuais 8 deputados, 4 mudaram de ideia: Fábio Branco, Gilberto Capoani, Tiago Simon e Vilmar Zanchin. Mantiveram o veto e suas opiniões Gabriel Souza e Edson Brum. Os outros 2 parlamentares não estavam na legislatura anterior. Entre os progressistas, apenas Ernani Polo tinha votado a favor da proposta, mas alterou seu entendimento e decidiu manter o veto de Eduardo Leite. Frederico Antunes e Sergio Turra estavam ausentes na sessão de dezembro. Silvana Covatti e Adolfo Brito não votaram em nenhuma das votações.

Pelo PTB, o deputado Aloísio Classmann mudou de ideia, votou a favor da liberação da venda de bebidas nos estádios, mas manteve o veto do governador. O presidente da Assembleia, Luis Augusto Lara votou a favor do projeto, no entanto, como presidente, ele não vota nas sessões. O partido do governador, PSDB, também teve um parlamentar que mudou de ideia: Pedro Pereira. A deputada Zilá Breitenbach não votou na primeira proposta e presidiu a sessão desta terça-feira, portanto não votou também. Por fim, Any Ortiz do PPS também votou a favor do projeto, no entanto, manteve o veto do governador. Elton Weber (PSB) e Sérgio Peres (PRB) continuaram convictos, votaram contra a proposta e mantiveram o veto.

Confira como cada deputado votou na sessão desta terça-feira
PT
Edegar Pretto – SIM
Fernando Marroni – SIM
Jeferson Fernandes – SIM
Luiz Fernando Mainardi – SIM
Pepe Vargas – SIM
Sofia Cavedon – SIM
Valdeci Oliveira – SIM
Zé Nunes – SIM

MDB
Carlos Búrigo – SIM
Edson Brum – SIM
Fábio Branco – SIM
Gabriel Souza – SIM
Gilberto Capoani – SIM
Sebastião Melo – SIM
Tiago Simon – SIM
Vilmar Zanchin – SIM

PP
Adolfo Brito – XXX
Ernani Polo – SIM
Frederico Antunes – SIM
Issur Koch – NÃO
Sergio Turra – SIM
Silvana Covatti – XXX

PTB
Aloisio Classmann – SIM
Dirceu Franciscon – SIM
Elizandro Sabino – SIM
Kelly Moraes – SIM
Luis Augusto Lara – XXX

PDT
Eduardo Loureiro – SIM
Gerson Burmann – SIM
Juliana Brizola – SIM
Luiz Marenco – SIM

PSDB
Luiz Henrique Viana – SIM
Matheus Wesp – SIM
Pedro Pereira – SIM
Zilá Breitenbach – XXX

PSL
Capitão Macedo – SIM
Ruy Irigaray – SIM
Tenente Coronel Zucco – SIM
Vilmar Lourenço – SIM

PSB
Dalciso Oliveira – NÃO
Elton Weber – SIM
Franciane Bayer – SIM

DEM
Dr. Thiago Duarte – SIM
Eric Lins – SIM

PR
Airton Lima – SIM
Paparico Bacchi – SIM

NOVO
Fabio Ostermann – NÃO
Giuseppe Riesgo – NÃO

PRB
Sergio Peres – SIM
Fran Somensi – SIM

PPS
Any Ortiz – SIM

PSD
Gaúcho da Geral – NÃO

PODEMOS
Rodrigo Maroni – SIM

PSOL
Luciana Genro – SIM

SOLIDARIEDADE
Neri o Carteiro – SIM

Confira abaixo quais deputados mudaram de ideia:
Fábio Branco (MDB)
Gilberto Capoani (MDB)
Tiago Simon (MDB)
Vilmar Zanchin (MDB)
Edegar Pretto (PT)
Luiz Fernando Mainardi (PT)
Valdeci Oliveira (PT)
Eduardo Loureiro (PDT)
Gerson Burmann (PDT)
Ernani Polo (PP)
Aloisio Classmann (PTB)
Pedro Pereira (PSDB)
Any Ortiz (PPS)

Quem manteve a convicção: votou contra e manteve o veto
Gabriel Souza (MDB)
Edson Brum (MDB)
Jeferson Fernandes (PT)
Elton Weber (PSB)
Sergio Peres (PRB)

Compartilhar
  • 31
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    31
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: Guerreiro/Agência ALRS

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!