Busca rápidaX

Santo Ângelo: Saúde intensifica combate a dengue

21 de maio de 2019

As ações de combate à proliferação de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, seguem sendo intensificadas no município de Santo Ângelo. A Vigilância Ambiental realiza varreduras na área central da cidade e nos bairros considerados críticos. Além da fiscalização nas residências, os agentes da dengue distribuem material explicativo e de conscientização sobre prevenção à proliferação do vetor e relacionados à doença.

Na segunda-feira, 20, o secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro, confirmou que Santo Ângelo já registra 26 casos de dengue. Cavalheiro ressaltou que o quadro já é de surto e pediu a colaboração da população.

“É necessário que a comunidade esteja mobilizada contra o mosquito transmissor da dengue, evitando acúmulo de água parada em locais propícios para os criadouros. Solicitamos à Vigilância Ambiental que as ações fossem intensificadas, em conjunto com os militares do 1º Batalhão de Comunicações e Posto Médico de Guarnição de Santo Ângelo. Com essa iniciativa vamos reverter esse quadro, porém é imprescindível a contribuição de todos”, alertou.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Ambiental, Selenir Arruda, o Bairro Neri Cavalheiro e a zona norte da cidade são áreas com mais casos registrados. Além dos 26 casos de dengue confirmados pelo secretário de Saúde, mais 14 suspeitas estão sendo investigadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul – LACEN/RS.

Até o momento os bairros Dido, Dido II, Missões, Nova, São Carlos, Neri Cavalheiro, Harmonia, Jari, Promorar, Menges, Assistencial Braga, Alcebíades, a zona norte da cidade e os arredores do Campus local da URI, são os áreas que estão recebendo a varredura de equipes coordenadas por agentes da dengue.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Prefeitura de Santo Ângelo

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!