Busca rápidaX

MANCHETES

Sebrae poderá ampliar recursos se projeto para micro e pequenas empresas for aprovado na CP do Noroeste Colonial

21 de agosto de 2019

O Conselho Regional de Desenvolvimento do Noroeste Colonial, com sede em Ijuí, trabalha com três áreas para a Consulta Popular do governo estadual deste ano. Esses projetos estão em debate durante as assembleias microrregionais, que terminam hoje. Nesses encontros, entidades e a comunidade em geral podem sugerir quais projetos vão fazer parte da lista de votação da Consulta Popular, cujo pleito acontecerá de 4 a 6 de setembro.

As áreas pré-estabelecidas pelo Corede Noroeste Colonial são de assessoria para micro e pequenas empresas, desenvolvimento da agropecuária e controle de qualidade da água. Porém, a lista de votação poderá conter até cinco áreas. Com isso, nas assembleias microrregionais os participantes têm possibilidade de sugerir novos projetos, dentre as 16 áreas do plano estratégico do Corede Noroeste Colonial.

Em Ajuricaba, às 14 horas de hoje, no Centro de Convivência, haverá assembleia microrregional, com participação também da comunidade de Nova Ramada. Já hoje à noite a assembleia ocorrerá em Augusto Pestana, na sala de reuniões da prefeitura. Vão participar, ainda, Jóia e Coronel Barros. Também hoje, às 19 horas, acontecerá assembleia microrregional da Consulta Popular em Ijuí, na Associação Comercial e Industrial, com presença, também, de Catuípe e Bozano.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o vice-presidente do Corede Noroeste Colonial, Fioravante Ballin, e a presidente do Conselho de Desenvolvimento do Município de Ijuí, Luana Borchardt, ressaltaram a importância da participação da comunidade.

Nas assembleias microrregionais, a cada 30 participantes o município elege um delegado para defender os projetos no encontro regional de sexta-feira à tarde em Ijuí. Uma das propostas do Conselho Regional de Desenvolvimento do Noroeste Colonial para compor a lista de votação da Consulta Popular deste ano é de assessoria para micro e pequenas empresas.

Segundo a presidente do Conselho de Desenvolvimento do Município de Ijuí, Luana Borchardt, o objetivo é reservar dinheiro para ajudar micro e pequenos empresários, visto a concorrência que acontece com grandes empresas já instaladas, por exemplo, em Ijuí ou prestes a se estabelecerem. Com isso, a ideia é de capacitar os micro e pequenos empresários, em parceria com o Sebrae e outras entidades, para que possam se manter no mercado e crescer.

Sebrae

Sobre o mesmo tema, hoje pela manhã o responsável pela gerência regional do Sebrae, com sede em Ijuí, Armando Petinélli, disse que se a proposta de apoio a micro e pequenas empresas for uma das eleitas na Consulta Popular do Corede Noroeste Colonial, o Sebrae poderá ajudar com aporte de dinheiro extra.

O valor depende do orçamento do Sebrae de 2020, mas pode até dobrar segundo o que for estipulado na Consulta Popular. Armando Petinélli observou que pela primeira vez a Consulta Popular sugere como uma das prioridades a assessoria a micro e pequenas empresas, por isso a importância de que os eleitores votem no processo.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!