Busca rápidaX

MANCHETES

Secretaria da Saúde confirma transmissão comunitária da variante delta em Panambi

21 de agosto de 2021

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Panambi confirmou, neste sábado (21), a transmissão comunitária da variante delta (B.1.617.2) do coronavírus no município. A condição foi atestada por meio de investigação dos três primeiros casos positivos para a variante delta, cujo sequenciamento genômico completo, indicado de forma aleatória pelo Laboratório Central de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (LACEN-RS) junto à Fiocruz.

O conceito de transmissão comunitária ou local é definido quando o contágio entre pessoas ocorre no mesmo território, sem histórico de viagem ou sem que seja possível definir de quem se contraiu a doença. E essa foi a situação entre os pacientes que tiveram resultado positivo para variante delta nos exames. Os pacientes já encontram-se recuperados, mas a investigação não pode comprovar a origem da contaminação, pois não há histórico de viagem recente, indicando que a transmissão aconteceu no município.

O Secretário de Saúde, Romário Heitor Malheiros, e a Coordenadora de Vigilância em Saúde, Kelly Reis, estiveram visitando as três pessoas contaminadas com o intuito de rastrear as possibilidades de como ocorreu a contaminação. Foi constatado que os pacientes não haviam sido vacinados, apesar de já terem tido oportunizada pelo menos a primeira dose.

A Secretaria de Saúde incentiva que os cuidados, como uso de máscara e o distanciamento social, sejam mantidos, e que a população aproveite as oportunidades de vacinação, tanto da primeira como a segunda dose.

“A vacina protege contra essa variante, especialmente após a segunda dose no caso dos imunizantes que precisam de reforço. Mas a vacinação não impede que a pessoa se contamine e siga transmitindo o vírus. Por isso é preciso manter todos os cuidados de proteção contra a Covid-19, independentemente de ter tomado a vacina, principalmente quem possui qualquer fator de risco para complicações da doença”, ressaltou o Secretário de Saúde Romário Heitor Malheiros.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Secretaria de Saúde Panambi
error: Conteúdo protegido!