Busca rápidaX

MANCHETES

Secretaria de Educação de Cruz Alta recebe materiais do programa ‘Saúde na Escola’

6 de fevereiro de 2019

Materiais como bolas de vôlei, handebol, futebol e basquete, redes, cones e brinquedos estão entre os materiais recebidos pela Secretaria Municipal de Educação através do Programa Saúde na Escola (PSE). O município aderiu ao programa (2019/2020) em janeiro deste ano e já está recebendo os materiais para a prática de exercícios, o que beneficia 60 escolas municipais e estaduais de Cruz Alta.

O objetivo do Programa Saúde na Escola é estabelecer ações intersetoriais entre a saúde e a educação. Através da iniciativa, há a oferta de diversos serviços e ações temáticas, como avaliações oftalmológicas, nutricionais e em saúde bucal; ações de segurança alimentar; promoção de atividades físicas; educação sexual; prevenção ao uso de álcool, cigarro e outras drogas; promoção de cultura, paz e prevenção de violência. 

A formação inicial em saúde continua com a criança pelo resto da vida, conforme a Secretária Municipal de Educação, Dr.ª Elizabeth Fontoura Dorneles. “Nós partimos de um princípio como educadores, de que a educação precisa ser integral. Educar para a saúde, para a manutenção do corpo e da mente em estado saudável é um compromisso. Isso também faz parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), nas competências, habilidades, nos direitos. E quando esse programa está na escola nós estamos trabalhando com a saúde nas mais diversas formas. Quando os Ministérios da Saúde, da Educação e do Esporte nos contemplam com essa grande quantidade de material, eles estão indo na direção de prevenir, construir um corpo saudável e a prática dos mais diferentes esportes, da recreação, como aspectos da composição de um sujeito saudável física e intelectualmente. Esse sujeito que está em construção carregará essas práticas saudáveis para toda a sua vida”, afirma a Secretária.

Segundo a Coordenadora da Atenção Básica, Marindia Borges Santos, a projeção é que a cada ano aumente o número de escolas contempladas, e que nessa nova adesão será trabalhada muito forte a questão da saúde do adolescente e a gravidez na adolescência. 

Atualmente, o programa atende 90% dos municípios brasileiros, envolvendo mais de 20 milhões de estudantes de 85.706 escolas e mais de 36 mil equipes da atenção básica do SUS.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Prefeitura de Cruz Alta / AI

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!