Busca rápidaX

Champs Elysees

Secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação defende investimento pesado em esgotamento

13 de janeiro de 2017
Em termos de fornecimento de água potável, as áreas atendidas pela Corsan contam com quase 100% dos imóveis com acesso à distribuição. Em entrevista à Progresso, o secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Rio Grande do Sul, Gérson Burmann, ressaltou que em relação ao saneamento básico a situação é bem diferente. Nesse caso, o Estado gaúcho não tem mais que 13% do esgoto tratado. Por isso, o esforço de investir pesado nesse segmento.

Na próxima segunda-feira, por exemplo, o governo estadual vai assinar convênio com a prefeitura de Ijuí para repasse de 7 milhões e 800 mil reais. O dinheiro vai servir a fim de realizar obras de redes de esgoto, por exemplo, nos bairros Tancredo Neves, Herval, São José e centro da cidade. No mesmo ato, em Porto Alegre, haverá assinatura de convênio com o Poder Executivo de Santo Angelo, também para saneamento básico, na ordem de 2 milhões e 900 mil reais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comentários estão desativados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!