Busca rápidaX

Segundo prefeito de Cruz Alta, dívida herdada pela atual gestão municipal é de aproximadamente R$ 40 milhões

10 de janeiro de 2017
Levantamento parcial da nova administração municipal de Cruz Alta indica que a dívida herdada da gestão passada é de aproximadamente 40 milhões de reais, o que inclui débitos de curto e longo prazo. Foi o que revelou hoje pela manhã durante entrevista na Progresso o prefeito, Vilson Roberto dos Santos, do PT. Além disso, citou dívida de mais 18 milhões de reais do programa Pró-Vias, destinado a investimentos em ruas.

Vilson Roberto enfatizou que dentre os 40 milhões estão débitos de sete milhões de reais com o INSS, que se não forem pagos ou renegociados podem impedir repasses do Fundo de Participação dos Municípios, por parte do governo federal. O prefeito de Cruz Alta observou que esperava encontrar débito de cerca de 25 milhões de reais na prefeitura, mas se surpreendeu com valor superior.

Somente com a empresa Ansus, que recolhe o lixo na cidade, a dívida é de 4 milhões de reais, com seis meses de atraso no pagamento dos serviços referente ao ano de 2016. Diante disso, também ocorre atraso na quitação dos valores para a empresa que recebe os resíduos em Giruá que, por consequência, deixou de receber os materiais. Vilson Roberto ainda observou que há débitos com fornecedores, por exemplo, em relação à merenda escolar. Nesse caso, o prefeito Vilson Roberto frisa que a idéia é criar uma comissão especial de servidores para planejar renegociação das dívidas com fornecedores.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Peugeot Champs Elysées

Os comentários estão desativados.

Peugeot Champs Elysées

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!