Busca rápidaX

MANCHETES

Sem identificação biométrica, votações de 2020 serão no modelo antigo

29 de julho de 2020
DemonstraÁ¿o do uso da urna eletrÙnica para as eleiÁ¿es de 2006.

As eleições municipais deste ano já passam por uma série de mudanças em decorrência da pandemia de coronavírus. Uma delas é referente a identificação biométrica. O modelo que foi adotado desde a eleição presidencial de 2018, não será colocado em prática nesta edição por um motivo simples: o de evitar o contágio e a propagação do coronavírus.
Porém, segundo a chefe do cartório eleitoral de Ijuí, Sonia Reinke, aquele eleitor que compareceu o cartório nos últimos meses ou anos e fez o cadastramento biométrico continua com seus dados cadastrados e regularizados.

A votação na urna eletrônica terá ainda outro benefício: o de agilizar o processo. Sonia lembra que pequenos problemas enfrentados com a biometria, como o não reconhecimento da digital, acabaram atrasando bastante o processo na votação passada. Além disso, se o processo ocorresse através de biometria digital, seria necessário higienizar o aparelho após cada votação, o que também tornaria o procedimento mais demorado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí