Busca rápidaX

Sindicato Rural de Ijuí pede reversão da importação de trigo

26 de março de 2019
Ércio Eickhoff é reeleito para presidência do Sindicato Rural de Ijuí

A decisão do governo federal de liberar a importação de trigo com taxa zero preocupa o Sindicato Rural Patronal de Ijuí. O presidente da entidade, Ércio Eickhoff (foto), disse que foram encaminhados ofícios para a Farsul e ao senador gaúcho, Luis Carlos Heinze, na tentativa de reverter a decisão.

Ércio Eickhoff destaca que a liberação da importação do trigo começou com a compra de 700 mil toneladas dos Estados Unidos, mas demais países produtores do cereal também poderão vender para o Brasil.

O presidente do Sindicato Rural de Ijuí argumenta que a importação desestimula o plantio de trigo neste ano também na região, justamente às vésperas de uma nova safra. Isso porque, o cereal entre no Brasil com preço menor e faz cair o valor pago aos produtores nacionais, atualmente numa média de 42 reais a saca.

Ércio Eickhoff ainda observa que existe boa perspectiva de plantio do trigo, em razão da melhor valorização num comparativo com o ano passado, quando a saca era comercializada ao redor de 30 reais. Além disso, para as lavouras de inverno no Rio Grande do Sul, o trigo é a principal cultura.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!